Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

Quem Somos O blog é uma parceria da Folha com a International Center for Journalists

Perfil completo

Bairro de Jova Rural, na zona norte de SP, recebe primeiras faixas de pedestres

Por Blog
28/05/12 19:03

Por Aline Kátia Melo

Algumas ruas do bairro de Jova Rural, na zona norte de São Paulo, foram recapeadas e receberam faixas de pedestres. São 32 ao todo, a maior parte na região da rua Ari da Rocha Miranda.

Para um bairro que não tinha nenhuma faixa, é uma grande evolução, mas também não deixa de ser um sinal de descaso pela demora na implantação. Essa é a opinião do desenvolvedor de software Weslley Alves Silva, 24, morador do bairro.

“Gostei das melhorias, mas acho que não deveríamos ter ficado tanto tempo sem elas, esperando que coisas tão básicas fossem feitas, afinal, pagamos impostos e creio que é um dever da prefeitura prover o essencial para a estrutura do bairro”.

Lombada recolocada na rua Ari da Rocha Miranda

O técnico de informática Thiago Luiz, 25, sente falta de sinalização. “Nas ruas recapeadas, os carros aceleram mais, agora têm as faixas de pedestres, mas, até alguns dias atrás, não havia nenhuma lombada para diminuir a velocidade. Em abril houve um acidente entre um ônibus e uma bicicleta e um jovem morreu”.

O bairro continua sem semáforos e medidores de velocidade. “As faixas são o básico, pois qualquer rua onde tenha circulação de pedestres tem que ter o mínimo de segurança, mas notei que deveria ter semáforos nas avenidas em alguns pontos, pois são constantes os acidentes por falta de um controle no fluxo do trânsito”, conclui Wesley.

Rua Antonio Sérgio de Matos e Rua Roberto Lanari

Há um ano a prefeitura criou o programa “Preferência pela vida”, para conscientizar a população paulistana sobre os acidentes de trânsito, e, assim, diminuir o número de vítimas e acidentes na capital. Entre as ações do programa estão o “Homem Faixa” e o “Gesto da Mãozinha”.

“Gesto da mãozinha? Deve ser alguma coisa que não pegou porque ninguém sabe o que é, e eu sou uma dessas pessoas”, afirma Wesley. “Já vi publicidade sobre o homem faixa, mas sobre esse gesto da mãozinha nunca tinha ouvido falar, nunca fiz  e nunca vi ninguém fazer”, diz Thiago.

 

Aline Kátia Melo, 29, é correspondenteda Jova Rural.

@alinekatia

alinekatia.mural@gmail.com

 

  • Comentários
  • Facebook

8 comentários feitos no blog

  1. Rosa Montefusco comentou em 29/05/12 at 16:59

    Eu já fiz o sinal de mãozinha e faço várias vezes ao dia, principalmente quando tenho que atravessar onde só há faixa sem farol e muitas vezes corri o risco de ser atropelada proximo da minha casa, porque as pessoas ainda não se coscientizaram desta nova lei que pune os motoristas que não respeitam as faixas.
    Vale sempre cobrar, porque estamos em um país de desmemoriados….

  2. Lucila/Prof.Tai Chi Chuan comentou em 30/05/12 at 12:38

    Adorei os novos benefícios, demorou,!!!!!
    Mas como a Aline e Wesley estão ativos
    colocando a Boca no Trombone, fico super
    feliz e quero parabeniza-los OK!!!!!!
    No meu bairro (Santana de Parnaiba-temos um blog (Boca no Trombone) e é super eficiente OK!!!!!!

  3. luis carlos roselli comentou em 24/06/12 at 12:55

    sou morador ha 2 anos e meio nunca vi melkora um bairro sem lei pois carros em cimas das calcada e comum roda policial nem pensar so aparece quando tem mortes e acidentes cet nuca foi la biqueras de nois e trafici isso aos montes

  4. luis carlos roselli comentou em 24/06/12 at 13:00

    sou morador ha 2 anos e meio nunca vi melkora um bairro sem lei pois carros em cimas das calcada e comum roda policial nem pensar so aparece quando tem mortes e acidentes cet nunca apareceu

  5. larissa comentou em 30/08/12 at 13:43

    queria saber se nao tem como vc colocar fotos da rua sao geronimo do jardim hebrom

  6. larissa comentou em 30/08/12 at 13:45

    assim gostei muito desse site mas tá faltando coisas aí só tem um pedaço da jova cade o resto?? poe do hebrom tbm ??

  7. Francisco dino de sousa comentou em 10/12/12 at 9:37

    Vai te abadonar

  8. william adão comentou em 13/07/13 at 3:54

    Meu nome é william tenho 34 anos e moro a anos aqui no jowa rural ( rua Terezinha viana de jesus ) travessa da rua ari da rocha Miranda escrevo agora dia 137\2013 as 03:46 da madrugada pois cheguei agora do trabalho e infelizmente tivemos uma noticia muito trágica uma vitima fatal de atropelamento nessa esquina bem na curva me preocupo muito pois não tem nenhuma lombada eletrônica ou obstáculo que possa diminuir a velocidade de que trafega nesta via ,minha rua é sem saída e a perua escolar dos meus filhos não entram ou seja meus filhos precisam atravessar essa perigosa avenida pelo pelo amor de deus a todos os orgãoes competentes a todas mídia de emprensa que ajude-nos a estabelecer algo que possa nos dar mais segurança neste trajeto urgente porque é perigosíssimo risco de morte !!! trajeto perigosíssimo !!!! ajude-nos a melhorar e dar tranquilidade a uma pai e mãe de família deus os abençoe att: william adao .

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Folha Shop