Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Córregos da Grande São Paulo têm lixo nas margens e pouca manutenção

Por Blog

Os correspondentes do Mural estão percorrendo seus bairros para mostrar a situação dos córregos da Grande São Paulo.

No dia 7/8, Thiago Baltazar contou que moradores  estão reclamando da demora na manutenção do córrego Bonfiglioli, no Butantã, zona oeste da capital.

Aline Kátia Melo mostra o trecho do Tremembé, que corre parelalo à rua Costa Brito, no Jaçanã, zona norte. Nesta parte, o córrego foi canalizado com gabiões,  uma espécie de gaiola quadrada preenchida com pedras que servem para conter a erosão das margens.

Porém, garrafas, materiais de construção e até colchões são jogados no córrego.

Córrego Tremembé, em trecho na rua Costa Brito, no Jaçanã

A correspondente Semayat Oliveira registrou situação semelhante em um córrego de Cidade Ademar, zona sul de São Paulo: sacos com restos de materiais de construção foram despejados nas margens.

Córrego em Cidade Ademar corre a céu aberto; lixo de contruções são jogados na margem

Em Carapicuíba, cidade da Grande São Paulo, Mônica Oliveira mostra que a canalização do córrego Cadaval deve resolver os problemas de enchentes da região. No entanto, no trecho final do córrego, no bairro Vila Sulamericana,  a desapropriação do comércio de frutas e o corte de várias seringueiras com mais de 50 anos estão causando indignação nos moradores.

“São os elementos que criam a memória coletiva daquela área. É cruel acabar com a história de um lugar.”, diz Luiz Ortega, 43, morador da área. “O prefeito que é cientista social devia usar o mínimo de conhecimento sobre antropologia urbana para compreender isso”.

Árvores de 50 anos são cortadas durante canalização do córrego Cadaval, em Carapicuíba

 

Aline Kátia Melo, 28, é correspondente da Jova Rural.
@alinekatia
alinekatia.mural@gmail.com

Semayat Oliveira, 23, é correspondente da Cidade Ademar.
@Semayat
semayat.mural@gmail.com

Mônica Oliveira, 47, é correspondente de Carapicuíba.
@idmonica
monicaoliveira.mural@gmail.com

Blogs da Folha