Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

No aniversário do bairro, moradores da Mooca apontam as necessidades da região

Por Blog

Por Alexandre Ofélio

O bairro da Mooca, localizado na zona leste de São Paulo, comemora neste mês seu 456º aniversário. O marco do surgimento, segundo o site Portal da Mooca, aconteceu no dia 17 de agosto de 1556, época em que as terras eram habitadas por índios que se concentravam perto do rio Tamanduateí.

A influência indígena foi tão forte que deixou marcas no nome da região que significa “faz casa”: moo = faz; oca = casa.

Segundo o IBGE, o bairro tem aproximadamente 75 mil moradores, que estão distribuídos em uma área geográfica de oito quilômetros quadrados.

Vista parcial do bairro da Mooca, na zona leste de São Paulo

Neste aniversário, o Mural perguntou a alguns moradores qual é a maior necessidade da Mooca no momento. Confira:

“O que falta por aqui são parques e praças com infraestrutura e diversão”, diz o empresário Luís Alberto Guidetti, 48.

“A Mooca precisa de espaços culturais e áreas verdes com mais segurança e principalmente limpeza”, diz a auxiliar administrativa Roberta Moretto, 38.

“A região precisa de ciclovias e investimentos nas áreas de saúde e educação”, diz o monitor de informática Marcelo Pereira Dias, 37.

Nos últimos anos, o bairro teve grande aumento na construção de prédios

“Precisamos de lugares para a prática de esportes e que ofereçam também entretenimento aos moradores”, diz o representante comercial Roberto Carlos dos Santos, 38.

“Iluminar, pavimentar e sinalizar algumas ruas do bairro”, diz o comerciante Marcos Justo dos Santos, 47.

“O que falta é consciência por parte dos moradores em relação à limpeza nas calçadas. Se cada um fizesse a sua parte, o bairro ficaria muito mais limpo”, desabafa a dona de casa Nair Palombo, 81.

 

Alexandre Ofélio, 42, é correspondente da Mooca.
@alexandreofelio
aleofelio.mural@gmail.com

Blogs da Folha