Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Morador cria página na web para informar trânsito na estrada do M’Boi Mirim

Por Blog

Por Cíntia Gomes

Todos os dias, quem passa pela estrada do M’ Boi Mirim, uma das principais vias de acesso no Jardim Ângela, zona sul de São Paulo, encontra grandes conhecidos da região: o congestionamento e as péssimas condições no transporte público.

Desde 2010, a população realiza manifestações para reivindicar melhorias. Neste ano já foram duas. A última aconteceu em 19/9. Os moradores fizeram uma passeata, bloqueando a avenida por cerca de cinco horas.

A subprefeitura disse que irá agendar uma reunião com as lideranças locais.

De acordo com Walquiria Cruz, 37, contadora e moradora há 15 anos no bairro Chácara Santana, os problemas no trânsito são muito frequentes. Nem feriados e fins de semana escapam.

“Nos fins de semana você pensa que vai encontrar uma situação melhor, mas ela fica mais crítica devido à redução de circulação do transporte público, o tempo é mais demorado e eles ficam mais cheios ainda”, reclama.

O corredor de ônibus e a faixa reversível instalados na avenida nos horários de pico não são suficientes para desafogar o trânsito. O congestionamento é tanto que os passageiros descem dos ônibus e completam o trajeto a pé.

“As manifestações são necessárias, a população precisa fazer algo que chame a atenção das autoridades responsáveis para que procurem uma solução. A região precisa de investimento urgente nos transportes, isso já é assunto antigo, mas que ainda nenhuma autoridade competente se dispôs a tomar providências”, diz Walquiria.

O morador e técnico de informática Hugo Vieira, 21, criou uma página no Facebook para informar como está o trânsito na via”. Criada em 12/9, a “M’Boi Mirim No Face” tem 3.863 seguidores e tornou-se um espaço para comentar os problemas da região.

“No dia da manifestação eu divulguei na página informações para que as pessoas pudessem fazer rotas alternativas ou participassem do protesto. Para minha surpresa, vários moradores compartilharam o que estava acontecendo e enviaram fotos”, conta Hugo.

 

Cíntia Gomes, 28, é correspondente comunitária da Riviera Paulista.
@cintiamgomes
cintiagomes.mural@gmail.com

Blogs da Folha