Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Espetáculo de dança estreia com 30 jovens do Campo Limpo

Por Blog

Por Karol Coelho

No próximo sábado, 20, às 17h, o CEU Campo Limpo, na zona sul, será palco para o espetáculo de dança “Garimpo”, que mostra a corrida pelo ouro no Brasil.

Os jovens bailarinos do Núcleo de Dança Pélagos exploram os movimentos pesados de homens e mulheres que, em busca de ouro, tentaram realizar o sonho de ficarem ricos na conhecida Serra Pelada, no estado do Pará, na década de 80.

Com apoio financeiro da Secretaria do Estado da Cultural e dirigido pelo bailarino e coreógrafo Rubens Oliveira, 27, o espetáculo é uma criação de 30 jovens alunos do Projeto Arrastão, ONG que atua nas áreas educacionais e culturais na região do Campo Limpo, zona sul de São Paulo.

Foto: Nana Vieira/Divulgação

O “Pélagos” surgiu em 2009, quando Rubens, após oito anos na Cia. Teatrodança Ivaldo Bertazzo, retornou ao Arrastão.

Em 2010 e 2011, o núcleo apresentou seu primeiro espetáculo, “Volúpia”, que foi visto por mais de quatro mil pessoas. O tema era a conturbada fase da adolescência, com as paqueras, o primeiro amor, as decepções e a vida na escola.

Antes de “Volúpia”, a maioria dos jovens nunca haviam dançado, como Priscila Munis, 24, que entrou no “Pélagos” bem no começo e achava que era apenas mais uma aula de dança. Com diabetes há 15 anos, não imaginava ter fôlego para dançar durante uma hora.

Foto: Nana Vieira/Divulgação

“A dança e o teatro têm um papel de conquista na minha vida. Mudei minha postura. Passei a ouvir melhor, perceber;  tudo termina em música”, afirma Priscila, que atualmente pensa em se especializar na área e um dia dar aulas.

Rubens cresceu no Campo Limpo. Se apresentou na Holanda, na França e na África do Sul, além de diversas cidades do Brasil. Agora quer mostrar a capacidade artística da periferia. “Todo mundo do centro tira ideia daqui para criar coisas. Grandes ideias saem daqui e queremos fazer com que a comunidade enxergue o seu potencial artístico”, diz.

Para isso, os jovens têm aulas de preparação corporal, nutrição, fisioterapia, danças brasileiras e africanas, teatro, interpretação, criação coreográfica, jogos teatrais e balé clássico.

Para informações sobre a agenda do espetáculo, clique aqui.

Espetáculo “Garimpo”
No CEU Campo Limpo, de 21/10 a 03/11
Sextas, às 20h; sábados e domingos, às 17h
Av. Carlos Lacerda, 678
Tel.: 5843-4837
480 lugares
Grátis – Retirar ingressos 1h antes da apresentação

 

Karol Coelho, 20, é correspondente do Campo Limpo.
@karolcoelho_
karol.mural@gmail.com

Blogs da Folha