Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Praças do Itaim Paulista são reformadas, mas ficam sem iluminação

Por Blog

Mesmo tendo sido reformadas recentemente, muitas praças na região do Itaim Paulista, na zona leste de São Paulo, estão sem iluminação pública há vários anos.

Segundo a subprefeitura do bairro, as 138 praças existentes passaram por reformas nos últimos quatro anos e receberam novos bancos, mesas com tabuleiro, canteiros em linhas sinuosas, flores, piso de concreto, novo gramado e postes para iluminação.

Um exemplo da falta do recurso é a praça localizada na rua Sete Estrelas, no Jardim Campos, na região do Itaim. Nela, a reforma aconteceu em março de 2008 e até a publicação desta reportagem os quatro postes de iluminação nunca funcionaram.

“Foi prometida a iluminação durante as reformas, mas nada de luz até agora”, reclama o morador Francisco Julio. “A única luz que temos aqui é a divina vinda da lua”, comenta Juliana Fosaca, 20.

Canteiro central da av. Prof. Alípio de Barros, no Jardim Helena, foi reformado, mas segue sem iluminação

Outra praça sem iluminação fica na rua Berilo com Frei Lago Negro, no Jardim Bartira, na mesma região da zona leste. Ela foi reformada em 2010. Além da estrutura nova, o local foi contemplado com um zelador e uma academia ao ar livre para terceira idade.

Os moradores buscam a iluminação prometida desde então. “A noite é um perigo aqui, temos usuários de droga e assaltos”, comenta a dona de casa Keila Maia. “Os vândalos até quebraram os aparelhos de ginástica e eu tive que desembolsar R$ 70,00 para reforçar os parafusos dos aparelhos”, reclama o comerciante Nomar Simões, 55.

A praça da rua Registro Velho segue o mesmo caminho. Reformada em março de 2012 com todos os benefícios de uma praça nova, conta com três postes de iluminação prontos para receber a energia. “Este local é muito escuro à noite, só contamos com um pouco da iluminação das vans que saem daqui para São Miguel” diz o estudante Gustavo Lima (23).

O caso mais demorado é o canteiro central da avenida Prof. Alípio de Barros, no Jardim Helena. O canteiro segue toda extensão da via e é uma importante ligação entre o bairro e o Itaim Paulista.

O canteiro central recebeu a primeira reforma no último ano da gestão da ex-prefeita Marta Suplicy (PT), em 2004. Houve outra obra em 2009. Apesar das duas reformas, o local aguarda a iluminação pública.

Em 2009 foram instalados os postes e conduítes para passagem da fiação de um lado ao outro do canteiro. Segundo o líder comunitário José Marcos da Silva, o departamento de iluminação pública (Ilume) informou que a fiação está fora do padrão do departamento e será necessário refazer o serviço. “Não poderiam levar tanto tempo assim: nove anos”, finaliza Silva.

O Mural enviou e-mail e ligou repetidas vezes à assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Serviços nesta segunda-feira (14), mas não obteve resposta.

Vander Ramos, 51, é correspondente do Itaim Paulista.
@vander521
vander.mural@gmail.com

Blogs da Folha