Blog Mural participa de debate sobre o futuro do jornalismo na Campus Party

Por Blog

Você lê notícias no jornal papel, na internet, no tablet ou no celular? Com esta indagação a mesa “Jornalismo Reloaded” iniciou o debate sobre como a tecnologia digital está reinventando os veículos jornalísticos. O encontro aconteceu na manhã desta sexta-feira (1º), durante a sexta edição da Campus Party Brasil.

Mesa reuniu jornalistas que trabalham com jornalismo digital (Flavia de Quadro/Indicefoto)

Com mediação do diretor de redação da revista “Galileu”, Alexandre Matias, os convidados apresentaram seus projetos e mostraram como a tecnologia pode abrir novas oportunidades para os profissionais que tem coragem de empreender no meio. “É possível fazer jornalismo de outras formas que não só sentado em uma redação. A tecnologia só tem apoiado essas novas práticas e aprender a trabalhar a informação noticiosa com atratividade visual que não seja apenas com texto hoje é fundamental”, disse Beth Saad, estrategista web e professora titular da ECA-USP.

O muralista Leandro Machado, de Ferraz de Vasconcelos, apresentou o Mural contando como o blog nasceu e a proporção que ele está tomando. “Já publicamos matérias no blog sobre problemas que acontecem na periferia, e o fato acabou sendo resolvido. Se não mostrássemos, quem sabe, jamais ele seria visto pela grande mídia.”,  relatou.

Gustavo Faleiros, do site “O Eco”, e o muralista Leandro Machado (Flavia de Quadro/Indicefoto)

Para mostrar como é possível, sem grandes investimentos, usar a tecnologia para cobrir grandes áreas, o jornalista Gustavo Faleiros, coordenador de projetos de “O Eco” apresentou a plataforma InfoAmazônia onde dados e reportagens alimentam um banco de dados que geram relatórios que podem ser visualizados em mapas interativos com informações de toda a florestas nos últimos 20 anos.

Adriana Garcia Martinez, jornalista e atualmente Knight Fellow na universidade de Stanford, na Califórnia (EUA) e o jornalista e coordenador do “Catraca Livre”, Gilberto Dimenstein, também participaram do debate. Para Dimenstein é necessário utilizar a tecnologia aliada ao conteúdo para poder interferir nas vidas dos leitores. “Se você consegue transmitir a notícia de forma relevante no cotidiano das pessoas, conquista a audiência.” afirmou.

Anderson Meneses, 21, é correspondente de Pirituba.
@coabitar
andersonmeneses.mural@gmail.com