Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Falta de sinalização em ruas da Mooca causa transtornos a moradores

Por Blog

Atravessar a rua ou até mesmo uma simples caminhada exige atenção redobrada para quem mora na Mooca, em especial na parte baixa do bairro, que fica entre as avenidas do Estado, Presidente Wilson e radial Leste, zona leste de São Paulo. A falta de manutenção nas rotatórias e a péssima sinalização no asfalto geram insegurança no dia a dia.

Na esquina da rua Odorico Mendes com a rua Oscar horta, a situação precária da rotatória e a faixa apagada são visíveis.

Esquina da rua Odorico Mendes com a rua Oscar Horta, na Mooca, tem rotatória incompleta

Para o comerciante José Aldo, 51, a falta de sinalização é prejudicial para quem circula pelo bairro. “Além de atrapalhar o trânsito, dificulta a vida dos pedestres”, diz.

“A sinalização é importante para as pessoas, pois elas podem atravessar as ruas com mais tranquilidade”, diz o motorista Marcos Cândido Cruz, 52.

Faixa de pedestres apagada na rua Barão de Jaguara, esquina com a rua Odorico Mendes, na Mooca

Segundo os moradores, no cruzamento da rua Barão de Jaguara com a rua Odorico Mendes, a construção de uma rotatória ou a colocação de um semáforo de três fases seria de grande valia para reduzir os acidentes de trânsito.

“A valeta na esquina ajudava a controlar a velocidade dos veículos, mas depois que foi retirada, aumentou o número de batidas”, diz o comerciante Gildevan de Souza, 34, que teve a lanchonete invadida por um veículo em novembro de 2012.

A placa de advertência, que indica ao condutor do veículo a existência de depressão (valeta) na pista, continua afixada no local até hoje.

Placa de advertência continua afixada no poste mesmo após retirada da valeta

Problemas como excesso de lixo nas ruas, manutenção precária nas praças, ruas escuras e a falta de iluminação na passarela Frederico Maia (Expresso Tiradentes), localizada na esquina da rua Luiz Gama com a avenida do Estado, foram algumas das reclamações da população local relatadas à reportagem.

A reportagem do Mural não conseguiu conversar com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e da SPTrans (São Paulo Transportes) na sexta-feira (8). Já o contato com a subprefeitura da Sé, responsável pela administração do local, foi realizado por e-mail, mas até o fechamento da matéria não obteve resposta.

Alexandre Ofélio, 42, é correspondente da Mooca.
@alexandreofelio
aleofelio.mural@gmail.com

Blogs da Folha