Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

No Jd. Filhos da Terra, academias nas praças ficam lotadas a partir das 6h da manhã

Por Blog

Depois de 15 dias de exercícios na praça Jardim Filhos da Terra, na zona norte de Sâo Paulo,  a aposentada Etelvina Peres de Aguiar, 77, sente melhora nas dores do corpo. Diariamente, ela  acorda bem cedo e caminha até o local, que recebeu aparelhos para a prática de exercícios leves, como simulador de caminhada .

Carinhosamente conhecidas como academias da terceira dade, as praças da região começam a encher de atletas a partir das 6 da manhã e o movimento cai a partir das 8h30. A grande maioria dos usuários é formada por aposentadas ou donas de casa. Mas há uma pequena parcela que enfrenta a preguiça para ir malhar antes do trabalho.

Usuários fazendo exercícios com os equipamentos na praça do Jd. Filhos da Terra

É o caso da Luiza Francisca dos Santos, 49, diarista. Ela vai duas vezes por semana, por volta das 5h30, e fica até as 7h. “Faz um mês que frequento aqui e minhas dores foram embora. Esses equipamentos são fáceis de usar e utilizo todos. Ganhei pique para trabalhar depois que comecei a vir”, explica, animada.

Mesmo com a empolgação, os usuários dos equipamentos sentem falta de orientação de um profissional de educação física.”Um professor veio apenas uma vez aqui para ajudar a gente e nunca mais voltou”, comenta dona Etelvina.

“Tinha que ter um instrutor, pois tem gente que faz exercícios de forma errada e força muito um determinado músculo”,  diz Jaime Leite Fernandes, 73, também usuário dos equipamentos. ‘Faz dois meses que venho aqui e também vou em uma praça no Jaçanã e sinto muitas melhorias, como na respiração. Minhas pernas e braços estão mais fortes e sem dores’, completa.

Placas que explicam como fazer os exercícios são a única orientação disponível

A Prefeitura de São Paulo respondeu, por meio da assessoria de imprensa, que os equipamentos possuem placas informativas e que os equipamentos “são de fácil utilização e podem ser praticados por pessoas de diversas faixas etárias”. Os painéis usam desenhos e legendas para explicar como usar cada equipamento e informar qual músculo é trabalhado em cada atividade.

Ao todo, 15 praças na região do Jaçanã e Tremembé receberam os aparelhos. A proposta da administração municipal é estimular a prática de exercícios leves, que ajudam no fortalecimento e flexibilidade dos músculos e na melhora da coordenação motora, especialmente para os idosos.

Priscila Gomes, 28, é correspondente de Vila Zilda.
@prigomes1983
priscilagomes.mural@gmail.com

 

Blogs da Folha