Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Três anos após inauguração, parque Vila Jacuí sofre com falta de manutenção

Por Blog

Inaugurado em março de 2010, a unidade de lazer Engenheiro Antonio Arnaldo de Queiroz e Silva, conhecido como parque Vila Jacuí, em São Miguel Paulista, zona leste de São Paulo, está há mais de oito meses sem manutenção.

Por mês, são registradas cerca de noventa mil visitas, segundo o Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee), responsável pela administração do parque que fica próximo ao km 23 da rodovia Ayrton Senna e nas imediações da avenida  Jacú-Pêssego.

Vários conjuntos de lixeiras, que coletam lixo reciclável, estão sem tampas

“O que salva este parque são as quadras e a pista para caminhar. O que estraga é o mato alto e os bebedouros quebrados e enlameados”, diz a estudante de educação física, Juliana Torres, 24.

O Mural visitou o local e encontrou diversos problemas na manutenção da cobertura e no piso de alguns quiosques, equipamentos da academia ao ar livre enferrujados, falta de poda em árvores de pequeno porte, cobertura do viveiro de plantas rasgada e lixeiras sem identificação para coleta seletiva.

Córrego que passa pelo parque não é limpo desde a inauguração, além de estar assoreado

Por dentro do parque, passa um córrego que não é limpo e está assoreado. “Visito este parque desde a sua inauguração e nunca vi ninguém limpar este córrego, que dá a impressão de esgoto a céu aberto”, reclama a dona de casa Jurema Aparecida Nunes, 54.

Para o jornalista Antonio de Novaes, 45, que caminha todos os dias no parque, o local já foi exemplo de lugar bem cuidado, mas, há seis meses, uma licitação para contratação de uma equipe para manutenção foi suspensa, deixando o parque abandonado. “Até os seguranças são emprestados do parque Ecológico Tietê”, reclama o jornalista.

Bebedouros do parque estão quebrados, com mato alto em volta e enlameados

O núcleo Vila Jacuí tem 170 mil metros quadrados e faz parte do parque Várzeas do Tietê, que prevê outros 32 núcleos ao longo de 75 km até a cidade de Salesópolis, na Grande São Paulo.

Foi projetado pelo arquiteto Rui Otake e conta com campos de futebol, quadras poliesportivas, pista de bicicross e de skate, equipamentos de ginástica e áreas para recreação, entre outros espaços.

Viveiro de plantas do parque da Vila Jacuí está com a cobertura rasgada

Em nota, o Daee diz que a licitação para contratação de uma empresa para manutenção do parque passou por reformulações recentemente e um novo edital será publicado em 30 dias. “O córrego em questão é beneficiado pelo desassoreamento do rio Tietê na região. O Daee tem uma ação prevista para o local em três meses”, finaliza a nota.

Vander Ramos, 51, é correspondente do Itaim Paulista.
@vander521
vander.mural@gmail.com

Blogs da Folha