Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Feira de saúde sustentável mobiliza moradores do Jardim Damasceno

Por Blog

A manicure Inaura Barbosa, 59, aproveitou o céu aberto do último sábado (29) para conferir as inúmeras atrações e atividades da 4ª Feira da Saúde Sustentável no Parque Linear do Canivete, no Jardim Damasceno, na zona norte de São Paulo.

Durante o evento, que ocorreu das 8h às 18h, foram oferecidas entre uma série de ações de cidadania, exames básicos de saúde, como aferição de pressão e teste de diabetes, oficinas de artesanato com materiais recicláveis, ginástica, atividades de recreação e plantio de mudas.

Moradora há cerca de 30 anos no Jardim Damasceno, Inaura matou saudades de diferentes épocas do bairro em um mural de fotos, tomou explicações sobre as doenças transmitidas por roedores e fez os testes de saúde disponíveis.

A manicure Inaura Barbosa realiza exames de saúde no Jardim Damasceno

Com bons resultados em mãos, ela confessou não fazer exames regularmente. “É bem difícil passar nos médicos por aqui, principalmente porque não temos um posto de saúde no nosso bairro, ainda. Prefiro cuidar da minha saúde virando as noites de sábado dançando no forró”, revela.

Essa foi a sua primeira vez na feira, que já está em sua quarta edição e, dessa vez, contou com mais de 60 apoiadores. Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Metropolitana Ambiental, Sabesp, Eletropaulo, diversas ONGs, projetos e associações marcaram presença. Mas quem fez a festa mesmo foi a comunidade.

“Acredito que mais de duas mil pessoas passaram por aqui. Até o ano passado, a feira era somente dos que vinham trabalhar. Dessa vez foi sensível a participação da comunidade. Teve gente se preparando há mais de um mês para estar aqui. Isso dá uma adrenalina, isso é saúde. Além de ser muito gratificante ver a ocupação do espaço público, em um momento como o que estamos vivendo, com as pessoas indo para as ruas”, observou Ramiro Pedro, gerente da UBS Silmarya (Carumbé) e coordenador do evento.

Aproveitando o clima de cidadania e a movimentação na feira, jovens passaram um abaixo-assinado em defesa de um espaço cultural ameaçado de remoção no bairro. “Conseguimos colher quase 200 assinaturas, o que já é um número interessante para começar. Vamos pressionar o poder público por esse espaço, com infraestrutura adequada para seguir promovendo atividades para as crianças e jovens”, afirmou o assistente administrativo Robson Dias Vieira, 29.

Enquanto isso, diversas atrações passaram pelo palco principal da feira, colocando o público para cantar e dançar ao ar livre. Um coral evangélico da região também se apresentou. E sobrou para uma animada quadrilha infantil o encerramento da festa.

Cleber Arruda, 31, é correspondente do Jardim Damasceno.
@CleberArruda
cleber.mural@gmail.com

Blogs da Folha