Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Concurso de Miss atrai idosos em Carapicuíba

Por Blog

Realizado no Teatro Fuca, o concurso Miss e Mister Melhor Idade agitou o centro de Carapicuíba, na Grande São Paulo, na sexta-feira (13). Moradores da cidade participaram da seleção em que foram escolhidos a mulher e o homem mais belos com mais de 60 anos de idade.

O blog Mural ouviu os relatos de alguns candidatos para saber o que os motivam a fazer parte da competição.

Bem humorada, Judite Beatriz, 76, é natural do Recife e mora há 38 anos em Carapicuíba. Esta é a segunda vez em que se candidata ao Miss. “Só de eu amar a todos que vêm ao meu encontro já é uma vaidade. Quando era mais jovem, eu parecia uma ‘periguete’. Eu me amo! Sou linda! Sou maravilhosa! Sou jovem!”, comenta a moradora, que atualmente é evangélica.

Candidatos são fotografados após vencerem o concurso. (Foto: Cida Diniz/Divulgação)

Beleza, simpatia, postura e elegância foram os critérios avaliados pelos jurados composto pelo meio artístico, político e por entidades locais. Os casais escolhidos foram classificados para o concurso estadual.

Zulmira Lopes de Souza, 60, e Manoel  Gomes, 68, foram os vencedores da competição, que escolheu Vera Lúcia de Oliveira, 60, e Vicente Lopes,71, como Miss e Mister Elegância e elegeu Genivalda Antonia de Jesus, 66, e Reinaldo José de Almeida, 64, como os melhores na categoria simpatia.

O evento contou com a presença de familiares e amigos. A animação ficou por conta da banda Trio Los Angeles, grupo que se apresenta, também, em concursos de beleza para a terceira idade em outros municípios da Grande São Paulo.

“É um evento que a gente se sente a vontade. Os idosos também têm a sua vez. A gente fica outra pessoa, se sente jovem naquele momento”, revela Maria Cecília Barceti, 71,  que diz não aparentar a idade que tem. “Não percebem que eu tenho 71 anos. Às vezes, sou eu que ajudo os idosos a atravessarem a rua”, completa.

Anderson Ferreira, 24, é correspondente de Carapicuíba
@anderson2908
andersonferreira.mural@gmail.com

Blogs da Folha