Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Concurso de Miss atrai idosos em Carapicuíba

Por Blog

Realizado no Teatro Fuca, o concurso Miss e Mister Melhor Idade agitou o centro de Carapicuíba, na Grande São Paulo, na sexta-feira (13). Moradores da cidade participaram da seleção em que foram escolhidos a mulher e o homem mais belos com mais de 60 anos de idade.

O blog Mural ouviu os relatos de alguns candidatos para saber o que os motivam a fazer parte da competição.

Bem humorada, Judite Beatriz, 76, é natural do Recife e mora há 38 anos em Carapicuíba. Esta é a segunda vez em que se candidata ao Miss. “Só de eu amar a todos que vêm ao meu encontro já é uma vaidade. Quando era mais jovem, eu parecia uma ‘periguete’. Eu me amo! Sou linda! Sou maravilhosa! Sou jovem!”, comenta a moradora, que atualmente é evangélica.

Candidatos são fotografados após vencerem o concurso. (Foto: Cida Diniz/Divulgação)

Beleza, simpatia, postura e elegância foram os critérios avaliados pelos jurados composto pelo meio artístico, político e por entidades locais. Os casais escolhidos foram classificados para o concurso estadual.

Zulmira Lopes de Souza, 60, e Manoel  Gomes, 68, foram os vencedores da competição, que escolheu Vera Lúcia de Oliveira, 60, e Vicente Lopes,71, como Miss e Mister Elegância e elegeu Genivalda Antonia de Jesus, 66, e Reinaldo José de Almeida, 64, como os melhores na categoria simpatia.

O evento contou com a presença de familiares e amigos. A animação ficou por conta da banda Trio Los Angeles, grupo que se apresenta, também, em concursos de beleza para a terceira idade em outros municípios da Grande São Paulo.

“É um evento que a gente se sente a vontade. Os idosos também têm a sua vez. A gente fica outra pessoa, se sente jovem naquele momento”, revela Maria Cecília Barceti, 71,  que diz não aparentar a idade que tem. “Não percebem que eu tenho 71 anos. Às vezes, sou eu que ajudo os idosos a atravessarem a rua”, completa.

Anderson Ferreira, 24, é correspondente de Carapicuíba
@anderson2908
andersonferreira.mural@gmail.com

Blogs da Folha