Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Homenagem de grafiteiro à cadela faz sucesso em Mogi das Cruzes

Por Blog

Com uma calça jeans, blusa cinza, boné preto e uma mochila nas costas, João Ricardo Vieira Santos, 30, mais conhecido como Jaum, chega ao comércio para trabalhar. De dentro da mochila ele tira seu caderno de desenhos, as latas de tinta sprays e em menos de três horas a parede branca é preenchida com a simpática figura da cachorrinha Lalala Dog.

Jaum realiza intervenções desde maio pelas ruas de Mogi das Cruzes, região metropolitana de São Paulo. São mais de noventa desenhos espalhados pela cidade e apenas no centro há, aproximadamente, 40 figuras de Lalala.

Após perder seu animal de estimação, uma dogue alemã chamada Dalila, Jaum resolveu prestar uma homenagem à cadela e começou a desenhar sua figura. “Comecei a fazer o desenho de uma dogue alemã em forma de cartoon e fui tirando os excessos até chegar na figura de hoje.”

Jaum realiza intervenções desde maio pelas ruas da cidade (Foto: Guilherme Rodrigues)

O que começou como uma brincadeira acabou se tornando uma fonte de renda. Apesar de ganhar dinheiro trabalhando como DJ, as intervenções de Jaum foram tão bem aceitas pelos moradores da cidade que muitos comerciante acabaram o contratando para desenhar em seus estabelecimentos.

Além dos comerciantes, algumas escolas e até mesmo imobiliárias o procuram para pintar a figura em seus prédios. “O que mais me surpreende são os pais desesperados, que me ligam pois os filhos querem o desenho de Lalala Dog em seus quartos”, diz.

Fernando Pudo, 28, dono de um pet shop na Vila Oliveira, em Mogi das Cruzes, conheceu o trabalho de Jaum pelas ruas da cidade e resolveu contratá-lo. “Acho que, além de um visual bacana, essa ‘intervenção’ pode dar uma identidade para o pet shop, que tem tudo a ver com o nosso trabalho”, afirma.

Lalala Dog em um prédio na rua José Bonifácio, centro de Mogi das Cruzes (Foto: Guilherme Rodrigues)

As intervenções de Jaum pela cidade são a alegria das crianças que param para tirar foto ou perguntar quem é Lalala Dog. “Minha ideia era fazer apenas o desenho ficar conhecido, tudo o que está acontecendo agora é bem acima das minhas expectativas.”

No Facebook, Jaum é abordado diariamente pelos fãs de Lalala Dos com desenhos, depoimentos e fotos de suas pinturas espalhadas pelas ruas.

Ainda que a maioria tenha uma admiração por suas intervenções, Lalala Dog também tem críticos. “Uma vez uma senhora passou na rua enquanto eu pintava e começou a me xingar, estava fazendo um trabalho comercial, apenas continuei e ela foi embora”,  lembra.

Jaum faz em média seis desenhos por semana e ao menos um trabalho comercial –que tem crescido muito nos últimos meses. Os projetos para o futuro são um documentário com a realização da centésima pintura de Lalala Dog, uma exposição de quadros pintados todos com tinta spray e a expansão da “figurinha” para as ruas de São Paulo.

Jéssica Suellen, 23, é correspondente de Mogi das Cruzes.
@JessicaSuellen_
jessicasuellen.mural@gmail.com

Blogs da Folha