Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Produtoras independentes incentivam cinema na zona leste

Por Blog

No bairro de São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo, duas produtoras independentes fazem cinema de forma alternativa. Enquanto o Coletivo Marginaliaria usufrui de incentivos da prefeitura e de empresas privadas, a Gigi Produções e Projeto Cinema na Zona Leste conta com a parceria de moradores e empresários da região.

Em meio às dificuldades, as produtoras torcem para que a agência municipal SPCine invista em seus trabalhos e fomente a sétima arte na periferia.

Segundo a Secretaria da Cultura, o órgão, que será responsável por fomentar a produção, distribuição, além de exibir e criar circuitos de cinema na cidade, começa a funcionar em abril.

Para os cineastas de São Miguel, incentivo financeiro é o elemento que mais pesa na hora de tirar um projeto do papel. O filme Um Salve Doutor, produzido pelo Coletivo Marginaliaria, está com as gravações finalizadas. Agora, o grupo se preocupa com a edição e em como exibir e divulgar o material.

Coletivos da zona leste se juntam para gravar o filme "Um Salve Doutor"
Coletivos da zona leste se juntam para gravar o filme “Um Salve Doutor”

O filme ganhou apoio do Programa da Valorização de Iniciativas Culturais (VAI), mas o ator e roteirista Andrio Candido conta que teve de recorrer a ajuda de amigos para conseguir equipamentos para gravação. Também abusou da criatividade no trabalho, como o uso de bicicletas adaptadas com câmeras e bambus para segurar microfones e outros itens.

“Nos articulamos de vários modos e sempre com apoiadores, já que as dívidas do tipo carnê das Casas Bahia seguem a gente”, brinca Candido.

A Gigi Maravilha Produções, criada por Givonete Ferreira, encontrou outro meio de fazer cinema. A atriz atuava em um filme na zona sul da cidade, mas deu um jeito de levar as gravações para seu bairro. “Sempre quis trazer mais cultura e cinema para São Miguel. Essa região está cheia de boas ideias que precisam ser vistas”.

Gigi, como é conhecida, abriu com seu filho, Marcelo Bento, a própria produtora. Hoje, eles finalizam o longa metragem Um Voo para a Liberdade, em que são diretores.

Sem incentivos de programas voltados ao cinema, os dois criaram o Projeto Cinema na Zona Leste. Logo, amigos e desconhecidos apareceram para ajudar. “Não esperávamos que tanta gente do bairro fosse querer produzir um filme e aparecer nele. Todo mundo começou a se oferecer para participar do elenco e ajudar até financeiramente”, conta Gigi.

Segundo Bento, que está editando o filme, os recursos foram todos conquistados com a ajuda de amigos e empresários da região. O longa deve sair no meio do ano e o elenco conta com 200 pessoas.

Padaria em São Miguel serve de cenário para o filme um "Voo para a Liberdade"
Padaria em São Miguel serve de cenário para o filme um “Voo para a Liberdade”

Renata Asp, 22, é correspondente de Itaquera
@renataasp_
renataasp.mural@gmail.com

Vander Ramos, 52, é correspondente do Itaim Paulista
@vander521
vander.mural@gmail.com

 

 

Blogs da Folha