Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Vila Ema cobra novo posto de saúde na região

Por Blog

Buscando melhorias em infraestrutura e um local que suporte toda a demanda do bairro, os moradores da Vila Ema e de seu entorno, na zona leste de São Paulo, buscam a construção de uma nova Unidade Básica de Saúde (UBS) na região.

De acordo com a Coordenadoria Regional de Saúde Sudeste (CRS Sudeste), atualmente a população é atendida por dois postos de saúde: as unidades Hermenegildo Morbin Jr e Vila Heloísa. A primeira dispõe de quatro pediatras, três clínicos e dois ginecologistas. Já a segunda conta com três pediatras, três clínicos gerais e três médicos ginecologistas. Porém, para os moradores, o posto de saúde Vila Heloísa precisa de maior espaço físico e novos equipamentos.

“É preciso ter um posto para atender os moradores do bairro que não têm condições de pagar um plano de saúde. A localização do posto de saúde da Vila Ema é ruim, num local escondido, e a estrutura não é das melhores”, conta o aposentado Sebastião Diogo de Souza, 61.

O docente Sidnei Moraes, 21, também ressalta o número de crianças no bairro como justificativa para implantação de uma nova UBS. “Essa é uma região com várias escolas. Sendo assim, o fato de existir um posto próximo no caso de uma emergência é muito importante”, diz acreditar.

Moradores da região criaram um abaixo-assinado exigindo a instalação do posto de saúde. O documento é dirigido à vereadora Edir Sales, que tem forte colégio eleitoral na Vila Ema, e segue em circulação pelo bairro.

“Os idosos não têm condições de andar. Eu não posso caminhar até uma UBS em outro bairro. Não temos condições de saúde para pegar ônibus e ir longe”, afirma a aposentada Zoraide Azevedo dos Santos, 75.

A CRS Sudeste informou que vai instalar uma unidade de saúde na Vila Ema, visto que a obra consta como prioridade no plano de construção de novas UBS da pasta e do plano de metas da prefeitura da cidade.

Análise da Supervisão Técnica de Saúde Vila Prudente/Sapopemba indicou um terreno de aproximadamente 1.760 m², na rua Gustavo Stach, como o mais adequado para o projeto. Estudos preliminares mostram que a nova UBS poderá atender, aproximadamente, 28 mil pessoas. Contudo, ainda não há data para o início das obras.

Aline Mariane, 21, é correspondente da Vila Ema
@LiMariane
alinemariane.mural@gmail.com

Blogs da Folha