Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Idosos nipônicos praticam gateball há 30 anos na zona leste de SP

Por Blog

Cerca de 20 idosos, descendentes de japoneses, se reúnem há mais de 30 anos, quatro vezes por semana, na Vila Curuçá, zona leste paulistana, para praticar gateball. O esporte foi criado após a Segunda Guerra Mundial, no Japão.

“Sempre quando passo em frente ao campo, morro de vontade de jogar com eles”, comenta o músico Rodrigo Sposito, 31, morador da região.

O jogo consiste em utilizar tacos de ferro para acertar bolas coloridas e numeradas, espalhadas pelo campo, e, a partir disso, tocar em um pino no centro do campo, que dá mais pontos, e ultrapassar pequenos arcos pregados no chão.

Com coletes numerados e uma espécie de contador de pontos nos braços, os times compostos por cinco jogadores começam a competir pelo maior número de pontos.

Idosos praticam esporte tradicional japonês
Idosos praticam tradicional esporte japonês

O atual núcleo de gateball da região fica entre as ruas Mohamad Ibrahin Saleh e Ida Vanussi Puntel, e possui três campos. Este espaço foi conquistado há cerca de 20 anos, quando a Associação Cultural Desportiva Nikkei de São Miguel Paulista e a Associação Esportiva São Miguel de Gateball conseguiram a concessão do espaço junto à Secretaria Municipal de Esporte e Lazer.

“Mudamos três vezes de campo. Primeiro estivemos em um terreno abandonado, depois fomos para o antigo terreno do Sacolão e, então, conseguimos esse espaço”, conta o aposentado Hideo Kuriki, 85, que mesmo sendo fundador do grupo, só começou a jogar há dois anos: antes atuava como administrador.

A professora Yukiko Kawai, 65, moradora de Guaianases, voltava da escola onde trabalha quando passou em frente ao campo em São Miguel. “Entrei, conversei com algumas pessoas, me interessei e já estou aqui há seis anos. Um tio meu do Japão me influenciou também, porque ele jogava”, conta.

A equipe feminina de São Miguel Paulista foi campeã do Campeonato Brasileiro em 2009. Com 76 anos, Tioka Aoki Suzuki joga há mais de 15 anos. “Nós, mulheres, sempre somos maioria em vários setores e também estamos caminhando assim no gateball. Somos muito habilidosas e nosso espaço já está conquistado no esporte”.

O grupo, tanto masculino quanto feminino, já competiu em outros estados do Brasil e também na América Latina.

Equipe se reúne há mais de 30 anos em São Miguel Paulista
Equipe se reúne há mais de 30 anos em São Miguel Paulista

Renata Asp, 23, é correspondente de Itaquera
@renataasp_
renataasp.mural@gmail.com

Vander Ramos, 52, é correspondente do Itaim Paulista
@vander521
vander.mural@gmail.com

Blogs da Folha