Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Jornalista resgata memória e transformações de construções históricas

Por Blog

De Guarulhos, região metropolitana de São Paulo, o jornalista Douglas Nascimento, 39, sai semanalmente para percorrer os bairros da capital, para fotografar lugares antigos e depois contar suas histórias e mudanças no site São Paulo Antiga.

Com mais de 6 mil acessos diários, o site registra as modificações que São Paulo passa, unindo jornalismo, história, arquitetura e fotografia, arquivando imagens de casas antigas, prédios históricos, e diversos outros ícones da cidade.

Segundo Douglas, a região central abriga pontos memoráveis, mas a periferia também tem suas histórias. “Havia uma visão equivocada e preconceituosa de que apenas o centro possui construções de valor histórico. Há arte e patrimônio na Vila Mariana, mas também em São Miguel Paulista”, conta.

Ele cita como exemplo, na avenida Assis Ribeiro, em São Miguel Paulista, zona leste da cidade, ao lado dos trens da CPTM, os fragmentos do que foi o Sítio Mirim, uma casa construída em taipas de pilão, datada do século XVII.

Construída por Francisco de Godoy Preto por volta de 1750, alguns historiadores acreditam que é ainda mais antiga. Em 1973 foi tombado como patrimônio histórico, mesmo assim se deteriora gradativamente. Algumas paredes estão com rachaduras, e o telhado já se dissipou.

Também na zona leste, o jornalista visitou o Hospital Maternidade Vila Formosa, um grande complexo de 3 blocos com 9 andares, abandonado há mais de 15 anos, que abriga entulhos e moradores de rua. Especula-se na região que a unidade tenha sido arrematada em um leilão e estaria sendo discutida uma restauração.

Hospital Vila Formosa, abandonado há 15 anos.
Hospital Vila Formosa, abandonado há 15 anos.

Na Estrada do Campo Limpo, zona sul de São Paulo, é possível avistar resquícios do que foi a entrada da Chácara Pirajussara. Com a urbanização do bairro, os loteamentos foram sendo vendidos e a chácara abandonada entre um conjunto residencial e o Piscinão Sharp.

Nascimento afirma que órgãos públicos como a CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) e DPH (Departamento do Patrimônio Histórico) enxergam patrimônios históricos apenas na região central, e precisam de revisão administrativa.

Os endereços chegam ao jornalista de diversas formas. Além de rodar pelos bairros em busca de pontos antigos que o chamem a atenção, os leitores do site também contribuem dando dicas pelas mídias sociais.

“As pautas entram em uma fila e vão sendo publicadas em sequência, em um rodízio de regiões. Imóveis em risco passam a frente e são inseridos rapidamente”

Neste mês o site ganhou um canal de vídeo, a “TV São Paulo Antiga”, e, em junho, ele lançará uma loja virtual, com camisetas, canecas e fotografias do banco de imagens. Em setembro será lançado um livro fotográfico.

Humberto Müller, 23, é correspondente de Mairiporã
@lagomuller
lagomuller.mural@gmail.com

Andressa Gonçalves, 19, é correspondente da Vila Sabrina
@andressfontes
andressag.mural@gmail.com

 

Blogs da Folha