Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Com cobertura de lona, espaço cultural em Guarulhos tenta arrecadar fundos

Por Blog

“Era uma casa muito engraçada, não tinha teto não tinha nada.” Se trocarmos a canção infantil por um ritmo nordestino, ou o “nada” por saraus e rodas musicais, poderia ser sobre a Casa dos Cordeis, espaço cultural que visa difundir a cultura do Nordeste em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Não há teto no teatro onde artistas se apresentam todos os meses. A única cobertura que existe é feita de lona plastificada, que acaba sofrendo um envelhecimento natural. Quando chove, a simples estrutura sofre com goteiras.

Para resolver o problema, Bosco Maciel, fundador e responsável pela programação do espaço, organizou, no sábado (9), um evento beneficente para arrecadar dinheiro e, enfim, iniciar uma reforma.

“Fui orientado por um amigo a utilizar um site chamado Vakinha, que arrecada dinheiro para projetos. Coloquei a campanha ‘Por um telhado para o teatrinho da Casa dos Cordeis’ e estabeleci o valor de R$9 mil para reunir no período de três meses. Até o último dia 30 a campanha havia conseguido R$40”, lamentou.

Por conta do resultado, Maciel começou a organizar o evento. O convite, no valor de R$50, dava direito a um prato de rubacão (também conhecido como baião de dois) e um exemplar do livro “Romanceiro”, escrito pelo próprio fundador do espaço.

Grupo musical Vozes Bugras se apresenta no teatro da Casa dos Cordeis. Foto: Bosco Maciel
Grupo musical Vozes Bugras se apresenta no teatro da Casa dos Cordeis. Foto: Bosco Maciel

A iniciativa, no entanto, também não ajudou a arrecadar fundos para a reforma, o que não desanimou Maciel. “Considerando que o objetivo do evento também era entreter o público e compartilhar um pouco da cultura nordestina, posso dizer que o alcançamos”, afirmou.

Ele acredita que poderia ter se empenhado mais para reunir um número maior de doadores além dos 40 convidados que compareceram. “Creio que se eu tivesse ligado para meus amigos a presença teria sido maior. E se tivesse conseguido mais patrocínio, teria obtido um lucro maior”, disse.

Tirando as despesas, a Casa arrecadou R$1.400. Com o valor, Maciel irá comprar parte do material de construção para o telhado. “Não é o suficiente, mas dá para começar”, reflete o fundador.

A Casa dos Cordeis foi fundada em 2007. Desde sua inauguração, já passaram por lá mais de 450 artistas populares de São Paulo e de todo o Brasil. Ela promove saraus literários mensais, peças de teatro e oficinas artísticas.

O espaço recebe aproximadamente 200 pessoas por mês, pois é pouco conhecido até mesmo pela vizinhança, apesar de localizar-se em uma das principais vias da cidade, o famoso Anel Viário, na região da Gopoúva.

Quem quiser ajudar com doações basta entrar em contato pelo email casadoscordeis@gmail.com.

Carolina Porne, 25, é correspondente de Guarulhos
@carolinaporne
carolporne.mural@gmail.com

SAIBA MAIS:

Museu do Jaçanã pede doações para concluir reforma de prédio
Em reforma, Casa de Cultura da Penha continua fechada após dois anos
Em São Bernardo, obra em escola está atrasada há dois anos

Blogs da Folha