Projeto expõe poemas em árvores do Alto Tietê

Por Blog

No último domingo (21), quem passou pelo Centro de Poá, na Grande São Paulo, foi surpreendido com poemas, contos, crônicas e diversos escritos pendurados nas árvores que rodeiam a Praça da Bíblia. O projeto ‘Um Poema Em Cada Árvore’ comemorou o início da Primavera e fez jus ao Dia da Árvore, celebrado na mesma data.

A iniciativa ocorreu simultaneamente em várias cidades do Brasil e foi idealizada pelo poeta Marcelo Rocha, do Instituto Psia, de Governador Valadares (MG). A ideia tem como objetivo incentivar a leitura e, ainda, alertar sobre a preservação da natureza. Os escritos impressos foram amarrados com barbante, sendo assim, as árvores não sofreram nenhum dano.

Poemas são exposto em árvores em Poá, na Grande São Paulo
Poemas são expostos em árvores em Poá, na Grande São Paulo (Créditos: Tamiris Gomes)

Quem articulou o projeto no Alto Tietê foi o jornalista Magno Oliveira. De acordo com ele, mais de 15 autores estavam representados em 30 trabalhos expostos. “Vivemos uma crise hídrica que nos afeta diretamente, além da poluição do ar, desmatamento e falta de áreas verdes para lazer. É importante a iniciativa nessas localidades pois une o meio ambiente e a cultura”, explica.

No próximo sábado (27), a exposição segue para Santa Isabel. Os mesmos escritos estarão na Praça da Bandeira, das 9h às 15h. Demais artistas que queiram participar podem mandar seus trabalhos até amanhã (26).

É preciso enviar um e-mail para folhetimcultural@hotmail.com, com nome, cidade, bairro, idade e perfil. Não há regras sobre as características dos textos.

Público lê poemas expostos nas árvores (Créditos: Tamiris Gomes)
Público lê poemas expostos nas árvores (Créditos: Tamiris Gomes)

A escritora Andréia Gonçalves Garcia, de Suzano, teve dois poemas de sua autoria expostos no evento. Ela é autora do livro ‘A Viajante do Trem’, com relatos bem humorados sobre causos no coletivo (que também podem ser lidos neste blog).

“Quanto mais iniciativas assim para aproximar a população de atividades culturais e ligadas à literatura, tem o meu apoio e ficarei sempre feliz em participar. Para quem é da região fortalece a visibilidade do trabalho e serve como uma divulgação importantíssima”, disse Andréia.

Tamiris Gomes, 23, é correspondente de Poá
@tamigomes_
tamirisgomes.mural@gmail.com