Leitores flagram propaganda abusiva em SP durante eleições; veja fotos

Por Blog

Após disputas acirradas, a corrida eleitoral terminou com a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Aproveitando o clima de campanha, durante o mês de outubro o Mural recebeu fotos de leitores que registraram a presença de propaganda irregular ou abusiva em bairros da periferia, na capital e Grande São Paulo.

As imagens fazem parte da seção Meu Mural, um espaço do blog destinado a compartilhar fotos de leitores sobre o cotidiano da periferia. Entre as principais reclamações, estavam a colocação de cavaletes em determinados locais, dificultando a passagem de pedestres, e a poluição de vias públicas com os famosos santinhos de candidatos.

Confira outros registros feitos pelos leitores durante o mês eleitoral na galeria:

X

Nilson Pereira de Souza, 50, coordenador tributário de fiscalização, fotografou a avenida Doutor Timóteo Penteado, em Guarulhos, município da Grande São Paulo. No local, uma propaganda foi colocada em cima de um ponto de ônibus. Segundo o leitor, a placa estava apoiada em um pedaço de concreto e corria o risco de cair em algum pedestre.

“Achei um absurdo a ousadia dos candidatos em querer chamar a atenção na divulgação da candidatura. Além da poluição visual, há muita sujeira que fica na cidade, obstruindo calçadas e vias públicas”, diz Souza.

Na Penha, zona leste de São Paulo, durante a votação no primeiro turno, o leitor Armando Pereira, 50, programador e consultor em TI, fotografou a entrada da Escola Estadual Nossa Senhora da Penha, na rua Padre Benedito Camargo. Segundo ele, as imagens foram registradas logo cedo, às 8 horas, e já era possível notar o chão repleto de santinhos. “Pela lei não estava proibido isso? Cadê as autoridades?”, questiona.

Em uma postagem compartilhada no Twitter, Vinícius de Oliveira, 31, jornalista, registrou a dificuldade de um senhor que se locomovia com o auxílio de uma bengala entre os santinhos espalhados por uma calçada do Jabaquara, zona sul da capital.

De acordo com a lei 12.034, o uso de cavaletes, cartazes e bandeiras em vias públicas não deve dificultar o trânsito de pessoas e veículos. Além disso, o material divulgado não pode estar em muros, cercas, árvores e tapumes. Mesmo assim, não foi difícil encontrar os excessos da propaganda eleitoral pela cidade.

Jéssica Suellen, 24, é correspondente de Mogi das Cruzes
@JessicaSuellen_
jessicasuellen.mural@gmail.com

Marina Lopes, 22, é correspondente da Penha
@marina_lopesmf
marinalopes.mural@gmail.com