Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Árvore cai sobre trem da CPTM em Carapicuíba durante tempestade

Por Blog

A forte chuva que caiu na tarde desta segunda (5) em Carapicuíba, na Grande São Paulo, derrubou uma árvore em cima de um trem da linha 8-diamante da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), perto da estação General Miguel Costa. Não houve feridos e a operação já foi normalizada.

A composição seguia para a estação Júlio Prestes, em São Paulo. Por volta das 15h30, galhos de uma grande árvore, aparentemente velha, caíram perto da última porta do primeiro vagão. O forte barulho ocasionado pelo impacto causou espanto nos quase 30 passageiros que estavam a bordo..Chovia forte lá fora.

Após o choque, o trem parou e surgiu um clima de curiosidade entre os passageiros. Vinte minutos depois, quando o nervosismo ganhava espaço, o maquinista anunciou que não poderia seguir viagem porque os galhos tinham atingido a fiação, na qual circula uma corrente elétrica de 3.000 volts.

Passageiros trocam de trem para seguir viagem após 1h de espera
Passageiros trocam de trem para seguir viagem após esperar cerca de uma hora pelo resgate

Preocupados, parte dos passageiros tentaram pedir ajuda por meio dos botões de emergência, mas nenhum profissional atendeu. Com isso, algumas pessoas resolveram arrombar duas portas para poder sair. Elas pularam e seguiram a pé pelos trilhos até a estação seguinte.

“Eu deixei de vir de ônibus para ir de trem. Hoje não é dia para sair de casa. É a primeira vez que isso acontece, ninguém tem culpa, mas é assustador”, afirma Irene de Barros, 67, pensionista, que tentava chegar a estação Comandante Sampaio, em Osasco.

Depois de uma hora de espera, em meio à uma leve garoa, outro trem parou ao lado da composição danificada para levar os passageiros que ficaram. Havia poucos funcionários para ajudar as pessoas a descer e subir por pequenas escadas, que estavam escorregadias. Algumas pessoas aproveitaram a situação para fazer selfies durante o ocorrido. O trem de apoio seguiu viagem às 16h30.
Anderson Ferreira, 25, é correspondente de Carapicuíba
@anderson2908
andersonferreira.mural@gmail.com

Blogs da Folha