Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em Barueri, feira noturna oferece variedade gastronômica

Por Blog

A feira noturna de Barueri, na Grande São Paulo, conta com 102 barracas. Porém, metade delas corresponde a uma praça de alimentação que atrai turistas de outras cidades e até de outros estados.

Realizada às terças-feiras, das 18h às 23h, em frente ao Ginásio Poliesportivo José Corrêa, ela fica próxima a Praça dos Estudantes e a diversidade gastronômica é seu principal atrativo.

Quem passa pelo local experimenta, por exemplo, um dos 15 pratos da barraca de comida russa e alemã, como o pelmeni, um capeletti “bombado”, com massa feita à mão, cozida, recheada com carne, leite e temperos, servida com cebola bem dourada (quase queimada), creme de leite e shoyu (R$ 12).

“Fui convidado pela prefeitura de Barueri a participar da feira, já que eles buscavam um diferencial gastronômico”, afirma Michael Palazzi, dono da barraca de comida russa/alemã, que também comercializa bebidas e doces típicos, como a torta vatrushka, de ricota, passas e damasco (R$ 8).

X

“Eu e meu esposo nos hospedamos em um hotel na região da Avenida Paulista, mas nos deslocamos até aqui para conhecer a feira. Muitos amigos nos indicaram, o local é de fácil acesso próximo à estação de trem Barueri”, afirma a enfermeira Amanda Santos, 42, que é de Salvador (BA) e passa férias na capital.

A barraca de Batata Rosti oferece 21 sabores de batata recheada (R$ 18 de shimeji). A feira conta também com sete barracas de pastéis (R$ 4 em média) uma temakeria (R$ 8, o pequeno), comida típica  mexicana (burritos a R$ 10 de carne, frango, calabresa e vegetariano), além de comida mineira, portuguesa, bancas de milho e massas, dentre outras.

São várias opções de bebida que vão do tradicional caldo de cana (a garrafa em média R$ 5), a vinhos (R$ 15). Também há espaços com suco natural, refrigerante e cerveja.

Para quem gosta de doces, é possível comprar um bolo inteiro (R$ 70) ou apenas o pedaço (R$ 5). Também há churros de diversos sabores (R$ 4), algodão doce e tapioca.

Além da praça de alimentação, também são vendidas frutas, verduras, legumes, queijos, peixes, frangos, alimentos orgânicos, roupas, artesanatos e brinquedos. A banca de livros tem exemplares novos à partir de R$ 10. O espaço conta comestacionamento gratuito e carrinhos de compras.

Quem passar pelo local também verá uma feira de adoção de animais que ocorre no estacionamento do José Corrêa, das 18h às 21h. A cidade conta com mais uma feira no período noturno, inaugurada em setembro de 2014, no Jardim Silveira (quintas-feiras das 18h às 23h). Informações: 4194-1702

Narayhana Pereira, 24, é correspondente de Itapevi
@narayhana
narayhana.mural@gmail.com

SAIBA MAIS: 

– Bar em Itapevi tem shows musicais, temakis e quadros à venda

– Lanche de Mairiporã faz sucesso com coração de bananeira

– Casa vende coxinhas de pizza e de doce de leite

Blogs da Folha