Câmara Municipal inicia projeto na periferia de São Paulo neste sábado

Por Blog

Moradores de todas as regiões da cidade de São Paulo terão a chance, no decorrer do ano, de apontar os problemas e reivindicações de seu bairro diretamente aos vereadores. Neste sábado (7), a Câmara Municipal de São Paulo inicia o projeto “Câmara no Seu Bairro”, que visa aproximar os paulistanos do trabalho realizado pelo Legislativo.

A primeira sessão ocorrerá no Campo Limpo, na zona sul, seguido por São Miguel Paulista, leste, Pirituba e Jaçanã/ Tremembé na região norte.

Ao todo, serão realizadas 32 sessões públicas ─ uma em cada região administrada por subprefeitura ─ e serão divididas em dois momentos. Primeiro, os legisladores presentes irão expor as suas ideias. Depois, o microfone será aberto para a população falar de assuntos locais e apresentar sugestões para a melhoria de seu bairro.

Também será possível assistir online os trabalhos no portal do legislativo.

No início de fevereiro, o presidente da Câmara Municipal, Antonio Donato, apresentou os detalhes do projeto aos subprefeitos da capital. Segundo ele, os vereadores estão no dia a dia dos bairros, mas a Câmara, como instituição, não está.

Serão 32 sessões públicas em todos os bairros da capital
Serão 32 sessões públicas em todos os bairros da capital

“Elas [as sessões] serão importantes para que a gente possa discutir os principais problemas dos munícipes e encaminhá-los aos órgãos competentes ou à Câmara e transformá-los em iniciativas de lei ou de fiscalização”, disse.

Para João Carlos Alves, chefe de gabinete da subprefeitura do Campo Limpo, é importante que a primeira sessão do “Câmara no Seu Bairro” aconteça na sua região, pois grande parte das moradias estão situadas em áreas de risco, como morros e barrancos.

Localizado na zona sul da capital, a região é formada pelos distritos de Vila Andrade, Capão Redondo e Campo Limpo, e tem população estimada em 607.105 pessoas ─ equivalente à do município de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, ou mais do que 99% das cidades do estado.

Um dos principais problemas da subprefeitura são as enchentes. Mesmo com a construção de piscinões e canalização de córregos, o Pirajussara ainda sofre com alagamentos, principalmente durante o verão.

A primeira sessão pública do “Câmara no seu Bairro” ocorrerá no próximo sábado (7), às 9h30, no CEU Campo Limpo (Av. Carlos Lacerda, 678 – Pirajussara).

Confira o restante da programação nos bairros até novembro

Rafael Carneiro da Cunha, 24, é correspondente da Lapa
@rafaelccunha
rafaelccunha.mural@gmail.com

SAIBA MAIS:

‘A moda não vive sem a periferia’, diz jovem estilista de Paraisópolis

Morador do Campo Limpo escreve trilogia sobre bairros periféricos

No Campo Limpo, vivência leva público a se aproximar do bairro