Companhia de teatro faz mostra de artes de rua em São Bernardo

Por Blog

Domingo ensolarado. Crianças andam de bicicleta, correm e, ao mesmo tempo, observam uma companhia teatral encenar ao ar livre na praça Névio Albiero, no Jardim Calux, em São Bernardo do Campo – Grande São Paulo.

Ao som de uma sanfona, atores deslizam pelo gramado com movimentos, dançam e interagem com os moradores.

Trata-se da II Mostra Cia As Marias de Artes de Rua, coletivo que reúne artistas de rua em todos os domingos de maio na cidade. Haverá apresentações dias 24 e 31 que reúnem teatro, dança, circo e debate.

O grupo completará dez anos  em 17 de julho e foi criado pela bailarina Cristiane Santos, 32, junto com a artista visual Patricia Janaina, 30, e a atriz Cibele Mateus, 29.

iohjioadhuijhuijhuhdu
Atores do Núcleo Artístico Avoa! fazem performance na grama (Gil Grossi/Divulgação)

“Todo artista tem que ir onde o povo está’’, diz Cristiane, parafraseando a música de Milton Nascimento. “Nós convidamos artistas e coletivos que também atuam na rua e agora ocuparão nosso local. Depois nós iremos ao seus espaços’’, revelou.

A ideia aborda as relações humanas, entre o homem e a cidade,  o desenvolvimento do corpo com movimentos, e busca criar uma ligação com o público durante o espetáculo. O coletivo se inspirou no Grupo Galpão de Belo Horizonte (MG).

Já Cibele Mateus avalia que a cidade deveria ter mais políticas para os locais públicos. “As pessoas têm que dançar mais nas praças’’, ressalta.

A proposta do núcleo é ocupar espaços, conhecer o lugar, a história, a arquitetura e as pessoas. “Encenar em locais públicos requer improviso, dedicação e proximidade com o público que vem prestigiar nosso trabalho”, diz Luciana Bortoletto, 35, co-fundadora e diretora do núcleo artístico Avoa!, que se apresentou no último domingo (17).

huihuiuhiuhguihuih
Público assiste a movimentação dos artistas na praça (Gil Grossi/Divulgação)

A dona de casa Rosineide Pereira Apóstolo, 39, que mora no bairro, levou a filha de seis anos para brincar e admirou o evento. ‘’É divertido para distrair as pessoas, um lazer perto de casa. Seria interessante se tivesse mais vezes esses espetáculos no bairro’’, disse. A diarista Josefa Severino da Silva, 53, foi com a neta de cinco anos, que gostou mais da dança.

A segunda atuação do dia ficou por conta da Cia “Falamos O que Queremos”, que fez uma reflexão sobre o transporte com a atuação de atores e um vídeo em que um jovem fala de um acidente no metrô.

“Os eventos trazem um olhar diferente para periferia, faz as pessoas se interessarem mais por cultura e a arte é um mecanismo pra chegar nesse objetivo e incentivar os jovens a ver esses trabalhos”, afirma o autônomo Wesley Oliveira, 23, morador do Jardim Laura, e que se deslocou 30 minutos para acompanhar a apresentação.

highiugiyuggh
Cia divulga espetáculo em ruas do bairro do jardim Calux, em São Bernardo do Campo (Kátia Flora/Blog Mural)

A Cia As Marias completa dez anos no mês de julho e, segundo as organizadoras,busca por recursos. Em 2013, a Cia foi contemplada na 3ª edição do prêmio VAI/ SBC (Valorização de Iniciativas Culturais) que viabilizou a II Mostra.

Serviço –  A 2° Mostra Cia. As Marias de Artes de Rua ocorrerá nos dias 24/05 e 31/05, sempre aos domingos na praça Névio Albiero (rua Cabral da Câmara, s/n Jardim Calux, São Bernardo). Grátis. Mais informações

Kátia Flora, 35, é correspondente de São Bernardo do Campo
@katiafreis
katiaflora.mural@gmail.com