Moradores improvisam placas com nomes de famosos na Grande SP

Por Blog

O Jardim São Manoel, em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo, traz em seus nomes de ruas uma série de talentosos personagens da música. Entre eles está Carmen Miranda (1909-1955), a atriz e cantora que colocou o Brasil nos holofotes; o sambista brasileiro Ismael Silva (1905-1978); e também Carlos Gardel (1890-1935), importante cantor de tango argentino.

Diferente de todo o destaque e brilhantismo atrás dos nomes, o bairro inteiro não possui placas de identificação, o que é um problema para os moradores. Cansados de esperar, eles até confeccionaram a sinalização de algumas das vias.

Um deles foi o aposentado José Nitto, 62, que comprou chapas de ferro carbonizadas e canos metálicos para fazer o serviço que a prefeitura não fez. As placas das ruas Silva Teles, Ciro Monteiro e da própria Carmen Miranda foram feitas por ele. “Eu tinha um comércio aqui e era difícil acharem a localização”, explica.

X

“Este bairro é esquecido. Não fazem nada pela gente. O bairro todo não tem placas de ruas e a dificuldade é quando você pede alguma entrega e ninguém consegue achar seu endereço”, diz também o operador de máquina Jorge Nogueira, 44, morador da região há 16 anos.

A Prefeitura de Itaquaquecetuba foi questionada e não deu um prazo para a resolução do problema. Em resposta ao Mural, o órgão declarou, em nota, que “está tramitando uma lei que permitirá que comerciantes doem as placas de ruas para a prefeitura e em contrapartida eles terão um espaço para divulgar sua empresa”.

Tamiris Gomes, 24, é correspondente de Poá
@tamigomes_
tamirisgomes.mural@gmail.com

SAIBA MAIS
Projeto distribui e incentiva impressão de fotos em Mogi das Cruzes
Em Mogi das Cruzes, projeto espalha arte e poesia pelas ruas da cidade
Tradicionais tapetes de Corpus Christi voltam a decorar ruas de Mairiporã