Postes de madeira são trocados por de concreto na zona norte

Por Blog

O Jardim Felicidade é um bairro da zona norte que surgiu de forma irregular por volta dos anos 90. Aos poucos foi recebendo regularizações de água e energia elétrica. Algumas ruas do bairro possuem calçadas estreitas e os postes da região eram todos de madeira, mas esta paisagem tem mudado.

Na área onde a energia já é regularizada estão acontecendo trocas de postes e algumas casas também receberam novos relógios de medição. Desde 2014, os antigos postes de madeira do Jardim Felicidade foram substituídos por postes de concreto.

Os dois postes de madeira que ficavam no meio da rua Maranhão foram retirados no final do mês de julho de 2015. Agora há um poste novo de concreto, do outro lado da calçada. Nos dias que ocorrem as trocas dos postes, o bairro fica sem energia das 9 às 17 horas, com aviso prévio.

A cabeleireira Eloane Carillho, 37, moradora da rua Maranhão, ficou satisfeita com a retirada dos postes. “Eles eram importantes porque nos davam a luz, mas eram importunos, não poderiam estar ali fora da calçada. Que bom que fizeram essa mudança”.

Postes da rua Maranhão.
Postes da rua Maranhão.

Além da troca dos postes, as casas do lado esquerdo receberam novos relógios. “Faz um mês que colocaram um novo aqui, mas ainda não foi ligado. O problema é que nessa troca de postes, cortaram também os fios da telefonia. Passei quatro dias sem telefone, sorte que as clientes continuaram marcando hora pelo Whatsapp (aplicativo de mensagens no celular)”, relata a cabeleireira.

No dia 15 de maio, a AES Eletropaulo promoveu uma palestra apresentando os benefícios dos moradores serem clientes regularizados no CIC (Centro de Integração à Cidadania) Norte na Jova Rural.

De janeiro a abril de 2015, mais de 20,8 mil famílias passaram a receber energia e conta nominal por meio do Programa Transformação de Consumidores em Clientes da AES Eletropaulo, que regularizou ligações clandestinas, conhecidas popularmente como “gatos”. Segundo a concessionária, a meta até o final do ano é regularizar 63 mil clientes.

Na Jova Rural os postes sempre foram de concreto e instalados nas calçadas, porém, no cruzamento da rua Ari da Rocha Miranda com a Rua Mário Lago, uma obra que aumentou a largura desta última rua acabou deixando um poste ilhado no meio da via, após o estreitamento da calçada.

Este poste fica próximo ao CEU Jaçanã, uma área que dá acesso aos bairros Jardim Hebrom, Jova Rural e Vila Nova Galvão. Há dois meses os moradores aguardam sua retirada para usufruir do alargamento do cruzamento.

Poste na rua Mário Lago.
Poste na rua Mário Lago.

“Eu nem me lembrava da existência desse poste até ele ter ido parar no meio da rua. Alargaram a rua para melhorar o trânsito, mas com o poste no meio da rua deu na mesma, fica tudo travado em horário de pico”, afirma a dona de casa Adriana Alves, 35.

Opinião também compartilhada por Eloane, que também transita pelo. “Sempre passo de carro por essa rua e vai ficar mais fácil para os veículos virarem sem invadir a outra pista, isso quando finalmente tirarem o poste do meio da rua”, conclui Eloane.

Serviço:

O cidadão também pode solicitar a regularização da sua ligação elétrica. Para fazer o requerimento, basta procurar uma das lojas da AES Eletropaulo com RG, CPF e comprovante de residência. A consulta da loja da rede de atendimento mais próxima da residência pode ser feita no site. 

Aline Kátia Melo, 31, é correspondente da Jova Rural
@alinekatia
alinekatia.mural@gmail.com

SAIBA MAIS:

Em bairro da zona norte, postes ficam fora das calçadas

Recarga do Bilhete Único é suspensa em 24 estações do metrô

Moradores da zona norte pedem pista de skate e mais uma subprefeitura