Em Guarulhos, área requisitada por moradores não é utilizada para lazer

Por Blog

“Vou todos os dias ao Bosque Maia, primeiro pela segurança, já que treino todas as manhãs, segundo pela infraestrutura, que permite que eu realize os meus treinos da melhor maneira possível. São dois pontos que não encontro no parque perto de casa”, explica Nilson Pereira, 51. O morador prefere gastar 10 minutos de carro para chegar lá, sendo que possui um parque próximo à sua residência, onde ele demoraria 2 minutos [a pé] para chegar.

Quadra poliesportiva, pista de skate, campo de areia, parque infantil, lagos e academia popular são áreas do Parque City Las Vegas, localizado no bairro do Jardim City, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Porém, a falta de segurança no local faz com que os moradores optem por outros parques.

Áreas de lazer do Parque City Las Vegas. Créditos: Márcia Pinto
Áreas de lazer do Parque City Las Vegas. Créditos: Márcia Pinto

“A vantagem de ter um parque perto de nossas casas é pela possibilidade de levar nossos filhos com mais frequência, além de poder interagir com outras pessoas, ter um contato mais próximo com a natureza”, comenta Osvaldo Lima, 43. “O parque deve ser monitorado para que não vire um ponto de drogas e caia no abandono”, alerta.

Além da infraestrutura implementada, o parque conta com o primeiro Centro de Educação Ambiental (CEA) e um centro de referência indígena. De acordo com a prefeitura, estima-se que 800 pessoas circulam diariamente pelo local.

Bosque Maia

Considerado o maior parque da cidade, o bosque Maia recebe diariamente cerca de duas mil pessoas e conta com uma pista de três quilômetros para a prática de atividades físicas, trilhas, quadras poliesportivas e academia ao ar livre.

Ter uma vigilância 24 horas e estacionamento na área externa faz com que os moradores prefiram ir até o local ao invés de aproveitar os próximos aos seus bairros. “Além de ser uma área reservada e arborizada, o local nos permite admirar a natureza, nos exercitar e levar as crianças para brincar sem nenhum custo e com segurança”, comenta Elaine Cristina Anatal, 38, que mora a 5 minutos de distância do local.

Áreas de lazer do Bosque Maia. Créditos: Márcia Pinto
Áreas de lazer do Bosque Maia. Créditos: Márcia Pinto

 Orçamento Participativo

O parque City Las Vegas foi implementado em junho de 2004 através do orçamento participativo, ou seja, um mecanismo direto de participação popular. De acordo com a Prefeitura de Guarulhos, por ele a população discute e decide sobre o orçamento e as políticas públicas. Os temas apresentados para que a população se reúna e discuta, junto com o prefeito, vão de infraestrutura, habitação, saúde, segurança, até esporte e educação.

Clique aqui e acesse a lista de todos os parques de Guarulhos.

Jéssica Souza, 24, é Correspondente de Guarulhos.
jsouza.mural@gmail.com