Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Voluntários levam atividades de recreação e hambúrgueres para crianças

Por Blog

Durante uma conversa entre amigos, Erick Watanabe, 29, Thiago Sales, 28, e Tacio Watanabe, 29, resolveram unir duas das coisas que mais gostavam: voluntariado e hambúrguer. Com essa proposta, depois de já terem experiências de trabalho com voluntariado, os três criaram a Hamburgada do Bem.

Na sua 12ª edição, o encontro mensal tem o objetivo de reunir crianças para um dia de recreação e hambúrguer. “Nossa ideia era convidar uns amigos e achar um orfanato com 30 crianças. Fizemos uma divulgação na internet para encontrar voluntários que estavam dispostos a nos ajudar”, explica Erick, um dos idealizadores da ação.

Na primeira Hamburgada, que aconteceu em Outubro de 2015, no bairro do Cabuçú, em Guarulhos, na Grande São Paulo, eles tiveram a participação de 70 voluntários e 86 crianças.

Hoje, a ação conta com aproximadamente 500 voluntários, 600 crianças e 1 mil hambúrgueres produzidos por dia. Os encontros costumam acontecer em escolas e envolvem atividades de recreação, pintura, corda, pula-pula, música e desenho.

X

Para receber uma Hamburgada, as instituições devem entrar em contato com a equipe e preencher alguns requisitos, como ter um espaço físico adequado. Uma semana antes da data do encontro, os voluntários vão até uma escola, por exemplo, e convidam todos os alunos, que levam uma autorização para os pais assinarem.

Na última Hamburgada, realizada no dia 13 de agosto, Gabriela, 9, participou de todas as brincadeiras e não quis ir embora. Com os olhos brilhando, ela parecia estar encantada com tudo o que via pela frente: “a brincadeira que eu mais gostei foi o pula-pula, porque eu nunca pulei tão alto”. Lucas, 10, que tinha acabado de sair da mesma atividade, também disse com euforia: “parecia que eu estava voando.”

“A Hamburgada do Bem é um meio de transformação de pessoas, porque vai além de comida ou brincadeiras de recreação. É amor que vem dos voluntários para as crianças, e das crianças para os voluntários. É uma troca especial de fazer com que a gente enxergue o mundo de uma forma diferente”, comenta Viviane Ribeiro, 30.

Beatriz Barbosa, 18, jovem aprendiz, participou pela primeira vez na edição do mês de agosto e já está ansiosa pela próxima, que acontece hoje (3), “Foi um dia repleto de alegria, emoção e brincadeiras. Todas as crianças que estão aqui despertam o que há de melhor em nós: fazer o bem.”

Jéssica Souza, 24, é correspondente de Guarulhos.
jsouza.mural@gmail.com

Blogs da Folha