Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mulheres restauram bonecas para ajudar doentes em Ermelino Matarazzo

Por Blog

Com o objetivo de arrecadar dinheiro para a compra de fraldas geriátricas e pomadas para pessoas acamadas, um grupo composto por dez mulheres de Ermelino Matarazzo, na zona leste de São Paulo, criaram o projeto Mãos que Transformam.

A ideia é recuperar bonecas encontradas no lixo ou doadas em péssimas condições. Após o trabalho, os brinquedos são vendidos e a renda é revertida para ajudar pacientes da região.

Neste ano, cerca de 300 bonecas e bichos de pelúcias foram transformadas e vendidas por preços entre R$ 5 e R$ 30.

Criada pela ex-escriturária Ilda Rosa Machado, 63, o trabalho de embalagem é feito no interior da sua casa, onde ela montou uma oficina. O espaço é rodeado de bonecas, roupas de crochê confeccionadas, sapatos de crianças, esmalte e maquiagem.

Elas retiram rabiscos de brinquedos na restauração (Foto: Danielle Tertuliano/Folhapress)
Elas retiram rabiscos de brinquedos na restauração (Danielle Lobato/Folhapress)

“Além de contribuir para o meio ambiente por meio da reciclagem, o objetivo é também dar oportunidade a mulheres que têm talentos e que com o passar dos anos se sentem excluídas, podendo assim se ajudarem e ajudar a seu próximo”, afirma Ilda, que também é líder comunitária.

Ela se refere a outras mulheres que também se aposentaram e tem atuado na ação, caso da costureira Tereza Alves Leite, 87. “Eu amo fazer parte do projeto. É um prazer pensar em todos os detalhes para compor o corpo de uma boneca, desde a calcinha até o lacinho do cabelo”, relata.

As voluntárias fazem o trabalho em seu tempo livre e cada uma oferta a ação de uma forma. Elas também improvisam técnicas para a transformação das bonecas, como usar  hidratante e levar o brinquedo ao sol para tirar os riscos, além de repor o enchimento, quando estão rasgadas.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
O grupo é formado por 10 mulheres e cada uma ajuda de uma forma na restauração (Foto: Danielle Lobato/Folhapress)

As vendas ocorrem por meio de bazares, nos quais seis barracas são montadas em ruas da região e na oficina de Ilda.

Atualmente, dez famílias recebem uma assistência mensal por conta da ação, com 30 fraldas geriátricas, e mais uma cesta básica. Ela reforça a necessidade de receber os brinquedos em boas condições.

“As pessoas acamadas nos procuram geralmente indicado por uma pessoa. Em seguida, vamos visitar para ver a real necessidade. Às vezes, além das fraldas, precisam de roupas de cama, agasalhos e alimentos”, conta Ilda.

Oficina: travessa da av. Paranaguá, altura do nº 1449,  Ermelino Matarazzo,  tel.: (11) 2546-7239.

Danielle Lobato, é correspondente do Itaim Paulista
daniellelobato.mural@gmail.com

Blogs da Folha