Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade

Idosa quer asfalto em rua da Vila Guilherme como presente de Natal

Por Blog

Enquanto milhares de consumidores lotam as lojas de um tradicional shopping center da zona norte de São Paulo, para as compras de Natal, a apenas um quilômetro dali, os moradores da rua Pedranópolis, na Vila Guilherme, esperam que o Papai Noel traga o presente mais esperado por todos: a pavimentação da via.

Eles convivem, há décadas, com poeira, no tempo seco, ou  alagamentos e lama, nos dias chuvosos. Para piorar o quadro, sem calçadas, guias e sarjetas, o local é tomado  pelo mato alto e sofre com o descarte clandestino de lixo e entulho.

A dona de casa Elisabeth Rocha, 71, mora ali há 51 anos, e já fez “de tudo” para ter uma solução definitiva para o problema. O ambiente insalubre prejudica a saúde da idosa e de sua família. Ela reclama de tosse provocada pelo pó  e revela que os três netos têm  bronquite alérgica. “A prefeitura chegou a jogar resto de asfalto aqui, mas não resolveu”, afirma.

Pedranópolis – Com entulho, mato e lixo, a pequena rua alaga ou fica enlameada após as chuvas (Foto: Sidney Pereira/Folhapress)
Pedranópolis – Com entulho, mato e lixo, a pequena rua alaga ou fica enlameada após as chuvas (Foto: Sidney Pereira/Folhapress)

 

Há três anos, Beth, como é conhecida no bairro, foi reivindicar melhorias na subprefeitura Vila Maria/Vila Guilherme, também sem sucesso. “Eu tenho vergonha dessa rua, nem tenho coragem de trazer conhecidos aqui”, confessa.

De pequena extensão, a rua Pedranópolis não tem saída, mas é passagem diária de caminhões de empresas vizinhas, uma metalúrgica e outra transportadora. Para a dona de casa, o trânsito pesado abala a estrutura do imóvel. “A casa treme toda e já apareceram rachaduras. Os caminhões passam até de madrugada”, diz.

Outro problema do local é a deficiência na limpeza pública. “Restos de comida atraem ratazanas e elas já entraram na minha casa. Meu cachorro está sempre alerta”, comenta. A questão fica pior já que, segundo a moradora, o caminhão de coleta de lixo só vai até a entrada da rua e não percorre toda a via.  Assim, a esquina das ruas Pedranópolis e Galatea sempre tem lixo acumulado.

PRESENTE DE NATAL EM 2017?

Em resposta ao Mural, a subprefeitura da Vila Maria/Vila Guilherme informou que a rua Pedranópolis “foi incluída na programação de 2017 para a intervenção de pavimentação e instalação de guias e sarjetas”.

Também esclareceu que “a via está incluída nos serviços de capinação, roçagem e limpeza, sendo que a próxima intervenção está prevista para a segunda quinzena de dezembro”. Sobre o descarte irregular de lixo, o órgão alegou que, “semanalmente, são feitos serviços de limpeza e remoção”.

Sidney Pereira, 60, é correspondente da Vila Maria
sidneypereira.mural@gmail.com

Blogs da Folha