Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Justiça suspende aumento de tarifa de ônibus em Guarulhos para R$ 4,50

Por Blog

(Texto atualizado às 17h de 30/12/2016)

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou, nesta sexta-feira (30), a suspensão imediata do reajuste na tarifa de Guarulhos, para R$ 4,50. A população volta a pagar R$ 3,80 até o julgamento da ação popular, que foi movida na manhã de quinta-feira (29), por vereadores e deputados da cidade, dia em que a tarifa foi alterada.

Em liminar, o desembargador Sidney Romano dos Reis, concluiu que não há comprovação efetiva que possa justificar o aumento das tarifas de transporte público no município.

Protesto contra o aumento realizado em Guarulhos na tarde de quinta (29) - Thalita Monte Santo/Folhapress
Protesto contra o aumento realizado em Guarulhos na tarde de quinta (29) – Thalita Monte Santo/Folhapress

Ele destaca a difícil fase econômica nacional e explica que não há como aceitar o aumento de quase 300% sobre o índice de inflação anual, lembrando que diversas pessoas encontram-se desempregadas.

No documento, o desembargador também afirma que o aumento foi deferido por meio de decreto municipal, sem a devida participação do Poder Legislativo da cidade.

Na quinta (29), o juiz de primeira instância Alexandre Andrade dos Santos havia suspendido o reajuste por cinco dias, depois de vereadores da bancada petista de Guarulhos entraram com uma ação contra o reajuste.

A decisão gerou um racha no PT de Guarulhos. O diretório municipal do partido disse, em nota, que o prefeito Sebastião Almeida (PT) decidiu aumentar a tarifa de forma unilateral, sem apoio de sua legenda. Com isso, vereadores do PT foram à Justiça contra a decisão.

Em uma rede social, o  secretário de Cultura e vereador reeleito Edimilson Souza Santos (PT), comemorou a ação e parabenizou as pessoas que foram às ruas em manifestação contra o valor de R$ 4,50 nesta quinta (29).

O mandato de Almeida termina no sábado (31).  Neste domingo (1º), ele passará o cargo para Guti (PSB).

“Assim que assumir me reunirei com o secretário de Transportes para analisar os contratos com as empresas”, disse Guti.

PROTESTO

Na tarde de quinta-feira (29), cerca de 60 pessoas saíram em passeata pelas ruas da cidade. A concentração foi no calçadão da rua Dom Pedro II, logo após os manifestantes seguiram para a prefeitura, onde realizaram plenária para discutir sobre próximas reivindicações.

A Manifestação foi pacífica e escoltada pela Polícia Militar. O protesto foi marcado por palavras de ordem, que pediam a revogação da tarifa.

Moradores de Guarulhos foram pegos de surpresa na manhã de ontem ao embarcar no transporte público e ver o aviso sobre o aumento. “Questionei o cobrador e ele disse que não tinha culpa, que o novo valor era coisa do prefeito, que estava deixando um presente do seu mandato para os guarulhenses”, conta a vendedora Elizeth Pereira, 25.

Ônibus da cidade de Guarulhos, na Grande São Paulo (Foto: Thalita Monte Santo)
Ônibus da cidade de Guarulhos, na Grande São Paulo (Thalita Monte Santo/Folhapress)
Thalita Monte Santo, 23, é correspondente de Guarulhos
thalitamontesanto.mural@gmail.com

Blogs da Folha