Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Barbearia no extremo leste faz workshops e recebe profissionais de todo o Brasil

Por Blog

Com vestimentas de alfaiataria e uma pegada moderna em sua decoração. É assim que a equipe composta por dez homens e três mulheres do salão de cabeleireiro e barbearia Mr. Cut. se apresenta.

Situado no Itaim Paulista, extremo leste da capital paulista, cerca de 100 pessoas passam diariamente pelo salão, que já recebeu diversas celebridades do futebol como Luís Fabiano, Gêuvanio e Jadson.

Além dos cortes em atletas famosos, a barbearia realiza workshops. “É muito gratificante, pois vem pessoas de todo o Brasil aprender e conhecer o espaço”, conta Agnaldo Delmiro de Lima, 34, há 17 anos na profissão.

Mais conhecido como Naldo, conta que tudo começou como hobby. Aos nove anos de idade, passava a maior parte do tempo com a sua mãe, em uma escola de cabeleireiros instalada em frente à sua casa no bairro do Jardim Camargo Novo.

Ainda adolescente, ele começou a cortar o cabelo de familiares e amigos. Ele atuou na área de estamparia, mas foi obrigado a deixar a função, após uma crise na empresa. Desempregado, se especializou nos cortes e hoje ganha muito mais do que na antiga função.

“Eu nunca quis ser cabeleireiro, mesmo com a insistência da minha mãe, mas isto, porque estava indo no caminho errado. O trajeto certo era me especializar na ala masculina de barbearia e cabelo”, afirma.

X

No dia a dia, Naldo passou a estudar os seus clientes e preferiu apostar em uma decoração totalmente diferente das barbearias habituais.

Com uma clientela evangélica e também feminina, no espaço não tem música ambiente. Com bastante luz no interior do estabelecimento, um lounge com poltronas vermelhas divide a ala feminina da masculina. Há também duas pequenas mesas e uma conveniência para aqueles que veem direto do serviço para o salão.

O barbeiro conta que para se atualizar, sempre está antenado em revistas de moda, palestras, workshops e até mesmo seguindo profissionais de alto escalão. Hoje ele faz uma variedade de cortes e até preenchimento facial com henna para o público masculino que busca por uma barba mais uniforme ou diferente.

“No começo, sofri com o machismo de alguns colegas que por eu estar nesta área, acreditaram que o meu talento interferiria na minha orientação sexual”, revela.

O morador do bairro, Eduardo Inácio, 29, diz que Mr. Cut se diferencia de outras barbearias pelo cuidado e inovação. “Antes ia até Mogi das Cruzes para cortar meu cabelo e barba”, diz ele que tinha acabado de pedir um corte denominado undercut visto no pinterest e recebia diversas dicas de penteados no salão.

Para alavancar o negócio, Naldo lançou um aplicativo para os seus clientes agendarem horários a qualquer momento.

Atualmente o corte de cabelo e barba custa R$ 25. “Futuramente, quero abrir uma escola profissional e também ampliar o espaço para oferecer mais serviços para a ala feminina com procedimentos estéticos, sem afetar o atendimento do público masculino”, afirma.

Danielle Lobato é correspondente do Itaim Paulista
daniellelobato.mural@gmail.com

Blogs da Folha