Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Estudante cria site para monitorar promessas de campanha em Poá, na Grande SP

Por Blog

Passada a época das eleições, é comum que prefeitos deixem de lado algumas  promessas de campanha que fizeram aos eleitores. Porém, se depender do estudante Matheus Nunes, 22, isso não acontecerá em Poá, cidade da Grande São Paulo.

Matheus, que cursa Políticas Públicas na Universidade Federal do ABC, desenvolveu um site para acompanhar as 124 promessas do prefeito Gian Lopes (PR) ao longo dos seus quatro anos de mandato. A ideia do “Monitora Poá!” é conferir o andamento das metas da gestão.

“O interesse em criar o site surgiu quando vi um material distribuído pela Prefeitura, acerca dos 100 dias de governo. Ali, parecia que a gestão já havia feito uma quantidade razoável de coisas. Mas me veio a dúvida: será que fez mesmo?”, conta.

Assim como boa parte das cidades brasileiras, Poá não tem uma legislação que obrigue a apresentação de um plano de metas ao prefeito eleito, como ocorre em São Paulo.  Com isso, a cobrança sobre as ações prometidas pelos gestores é mais complicada.

Na primeira análise, o jovem diz que se surpreendeu com a quantidade de projetos que ainda não haviam começado. “Apesar do governo ter apenas quatro meses, algumas promessas poderiam ter caminhado mais, como a realização de mutirões de consultas e exames, por exemplo”, afirma.

Todas as promessas foram separadas por 15 categorias, conforme o plano de governo do prefeito apresentado à Justiça Eleitoral. O monitoramento ainda é feito exclusivamente por Matheus, que usa como fonte as redes sociais da Prefeitura de Poá.

Porém, é previsto que o site se torne uma plataforma colaborativa. “Tem funcionado, mas nem tudo pode ser acompanhado pelas redes. Com mais pessoas, o Monitora Poá! poderia fazer um monitoramento mais fiel a realidade”, afirma.

Dividido em eixos, ele coloca de preto as metas que ainda não tiveram início, de azul claro as ações iniciadas e de azul escuro as concluídas.

O portal ainda dá os primeiros passos e o estudante espera que o site sirva também para fomentar a discussão sobre novos projetos do Executivo.

“Em um post, discutimos se Poá sofreu o ‘efeito Doria’, em referência ao fato de que a zeladoria urbana não era foco nas promessas, mas tem sido a principal bandeira do prefeito. Se em São Paulo temos o Cidade Linda, aqui temos o Poá + Bela. Coincidência?”, questiona.

Você pode acompanhar as postagens do site

Lucas Landin é correspondente de Poá

lucaslandin.mural@gmail.com

Blogs da Folha