Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Livros de Harry Potter inspiram jovem de Pirituba a se tornar escritor

Por Blog

Criado no bairro de Pirituba, zona norte da capital paulista, Victhor Fabiano,16, aluno da rede pública de ensino, descobriu na literatura a ferramenta para transmitir ao mundo seus pensamentos e ideais. Fã da saga de Harry Potter, escrito pela inglesa J.K. Rowling, o adolescente já escreveu oito livros –entre romances, dramas e uma coletânea de contos. Duas obras já foram publicadas.

Victhor começou a escrever no início de 2010, quando tinha 12 anos de idade. Segundo o escritor, a inspiração surgiu da própria literatura. “Quando terminei de ler Harry Potter, decidi começar meu primeiro livro, porque senti a necessidade de continuar naquele universo”.

Sua publicação, intitulada de “O Lavrador e o Plebeu”, surgiu de uma redação proposta por sua então professora de língua portuguesa da Escola Estadual Ermano Marchetti, Isabel Toledo, 47. Na aula de leitura e produção de texto para os alunos da 7° série do ensino fundamental, ela solicitou que os estudantes fizessem uma redação sob a seguinte perspectiva: a vida de um trabalhador rural do fim da Idade Média e sua relação com as forças governamentais do período.

“Quando Victhor me apresentou o texto, que foi dentro das atividades de produção, chamou a minha atenção a riqueza de detalhes desde o espaço, personagens e ações”, diz Isabel.

Victhor assina um exemplar do livro "O Epitáfio" na cerimônia de inauguração. Foto: Julia Reis
Victhor assina um exemplar de  “O Epitáfio”, publicado em 2013 pela editora Penalux. (Foto: Julia Reis)

Os elogios recebidos pela atividade despertaram em Victhor a vontade e a segurança de continuar com aquela história, que meses depois acabou se tornando um romance com forte apelo social e político. A obra foi publicada em 2012 pela editora Multifoco, do Rio.

Após a experiência positiva com Victhor, a escola começou a promover concursos de redação e projetos voltados para a literatura. Segundo a professora, a unidade tem atualmente um olhar mais atento sobre os alunos. “Anualmente promovemos projetos voltados para essas habilidades”, afirma a educadora.

Quando estava no último ano do ensino fundamental, preparando-se para o ingresso no ensino médio, Victhor descobriu em Pirituba o projeto “Click, um olhar curioso sobre o mundo”, que promove oficinas de comunicação e participação cidadã. Na época, o programa tinha um jornal comunitário, o “Pirituba Acontece”. A interação com outros jovens da região lhe despertou o interesse pelas causas sociais, com foco na militância pelos direitos humanos e pelos direitos do público LGBT.

O escritor afirma que pretende desenvolver trabalhos sociais em escolas e comunidades por meio da literatura. “Meu sonho seria poder levar para as pessoas o mesmo impacto que Harry Potter me causou”.

O último livro escrito por Victhor chama-se “O Epitáfio”, publicado em 2013 pela editora Penalux de Guaratinguetá, interior de São Paulo.

Atualmente, Victhor cursa o último ano do ensino médio na ETEC Professor Basilides de Godoy, no bairro da Vila Leopoldina, onde se prepara para as provas do vestibular. Sua pretensão é estudar Ciências Sociais na Universidade de São Paulo.

Yago Rudá, 20, é correspondente de Pirituba
@yagoruda94
yagoruda.mural@gmail.com

Blogs da Folha