Mural

Blog dos correspondentes comunitários da Grande SP

 -

Blog é escrito por correspondentes comunitários --em sua maioria estudantes ou já formados em jornalismo, mas, sobretudo, interessados em contar o que se passa na região em que moram, na periferia da Grande SP.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Estudantes de Sapopemba fazem trabalho com alunos do Reino Unido

Por Blog

Distantes mais de 4,7 mil quilômetros, alunos da escola estadual Sapopemba, na zona leste de São Paulo, e da Ysgol Gyfun Cwm Rhymni School, no País de Gales, trabalham juntos desde o ano passado, em projetos que retratam a cultura, costumes e as sociedades locais.

Duas professoras europeias vieram ao Brasil para um intercâmbio entre docentes e a professora de inglês do colégio paulistano irá para lá em setembro.

Segundo a coordenação do projeto, 120 alunos participaram. “É um mecanismo que permite a aproximação com uma cultura diferente, além de desenvolver um trabalho em conjunto”, afirmou a professora de língua portuguesa Maria Irene de Andrade.

Os alunos fizeram curta-metragens com temáticas e personagens do Reino Unido em 2014. A estudante Natália Rodrigues, 17, do 3º ano, foi uma das responsáveis pelo filme “The Prison Majoje”. “Mostra um grupo de amigos que compra um jogo e quando eles vão jogar pela primeira vez são levados para dentro do game”, explica.

Escocia
Apresentação sobre a Escócia (Lucas Meloni/Blog Mural)

Agora, no 3º, eles organizaram a Feira “Conhecendo o Reino Unido”.  As apresentações ocorreram na sexta-feira (12), na escola estadual.

Chamado “Connecting Classrooms” (Conectando Salas de Aula, em tradução livre) – o projeto é patrocinado pelo British Council, organização governamental do Reino Unido.

A conversa dos adolescentes com a turma do outro lado do Atlântico foi intensa. “Os europeus têm muita curiosidade sobre o Brasil. Não usamos muito WhatsApp por causa do fuso horário (quatro horas de diferença). O velho e-mail foi nossa ferramenta de comunicação”, conta Ivoney Cerqueira, 17, cujo grupo falou sobre a arquitetura do País de Gales e trouxe uma maquete do Palácio de Caernarfon, um dos símbolos medievais da nação.

Até mesmo roupas típicas da Escócia, país vizinho, foram confeccionadas para o projeto, como o kilt. “Os homens usam este vestido escocês [usado por guerreiros durante viagens por montanhas no passado]. É um país cheio de curiosidades, produzem um dos melhores whiskys do mundo, mas perdem em consumo para os russos”, disse Hemily Santos, 17.

Cristina Faustino foi a única professora de inglês da diretoria de ensino Leste 4, regional responsável pela escola Sapopemba, a inscrever turmas. “É uma união que vai além de salas de aula deste prédio, atravessa o mundo”, observou. Ela irá para o Reino Unido, em setembro, acompanhar os trabalhos sobre os brasileiros, com apoio da entidade patrocinadora.

As professoras Kayley Daniels, de geografia, e Nia Phillips, de ciência e matemática, da Ysgol Gyfun, vieram ao bairro. “É diferente a informalidade que os alunos do Brasil têm. No Reino Unido, a interação é mais formal”, comentou Kayley. “Agora eles têm visões de novos horizontes e um conhecimento que pode agregar muito ao futuro”, conclui Ana Rosa Raghiante, diretora da escola.

Lucas Meloni, 25, é correspondente do Mural no Jardim Sapopemba
@LucasMeloni
lucasmeloni.mural@gmail.com

SAIBA MAIS:

Desenhos de crianças de Paraisópolis são tema de exposição da USP

Perus recebe exposição sobre vala comum aberta durante a Ditadura

Jaraguá é tema de exposição fotográfica na Casa da Imagem

Blogs da Folha